As companhias aéreas aproveitaram a mudança da sede da final da Libertadores entre Flamengo e River Plate para inflacionar os valores das passagens até Lima, cidade escolhida para a final do dia 23 de novembro.

Segundo o Google Flights, um voo para a capital peruana, saindo do Rio de Janeiro, nos dias 15 a 17 de novembro, ou seja, uma semana antes da decisão, custa R$1.919,00 ida e volta.

Já na semana seguinte, entre os dias 22 e 24, os tíquetes mais baratos são vendidos a partir R$ 17 mil. Os mais caros chegam a quase R$ 21 mil. Para cidades de outros Estados, como Santa Catarina, os valores ultrapassam os R$ 20 mil.

Com o grande aumento, o Procon decidiu notificar as companhias aéreas a fim de solicitar uma justificativa pelo crescimento repentino dos valores.

"O Procon vai notificar as companhias aéreas com sede no Brasil para que justifiquem a razão de elevar os preços das passagens para Lima. Surgiu uma necessidade de um grande número de pessoas se mover para a capital do Peru e as cias elevaram o preço. Se foi uma ação oportunista, embora haja o livre mercado, as empresas estão sujeitas à multa", explicou o diretor do Procon, Fernando Capez.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger