Na final da Libertadores da América e muito perto de conquistar seu primeiro título do Campeonato Brasileiro, Filipe Luís vive em estado de graça no Flamengo.

Mesmo com experiências marcantes na Copa do Mundo e com duas finais de Liga dos Campeões da Europa, o jaraguaense destaca a passagem pelo seu clube de coração como um marco na carreira.

“Talvez o momento mais especial da minha carreira. Estádio cheio, essa tensão durante a semana, torcedores falando na rua, eu sendo flamenguista desde pequeno, depois de tanto tempo sem o Flamengo chegar a uma final de Libertadores. E olha que eu vivi muitas coisas, joguei Copa do Mundo, finais de Champions”, disse o lateral em entrevista à TV Globo.

Foto Alexandre Vidal/Flamengo

Ao ajudar a colocar o rubro-negro na decisão da Libertadores após 38 anos, o jogador de 33 anos falou da consistência da equipe de Jorge Jesus, principalmente na atuação de gala sobre o Grêmio que terminou com uma goleada por 5 a 0.

“O mais importante é nossa solidez. Sabíamos que o Grêmio teria que se abrir em algum momento, a vantagem do empate era nossa. Talvez o primeiro tempo tenha sido difícil para o torcedor. Para nós, dentro de campo, eu estava sentindo o jogo bem controlado”, declarou.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger