Na madrugada desta quinta-feira (17), o americano Patrick Day morreu depois de sofrer uma grave lesão cerebral durante a luta que perdeu por nocaute para seu compatriota Charles Conwell no sábado (12), em Chicago-EUA.

“Em nome da família de Patrick, a equipe e as pessoas mais próximas dele, estamos agradecidos pelas orações, manifestações de apoio e de amor por Pat que foram tão evidentes desde sua lesão”, declarou o promotor Lou DiBella.

Patrick foi nocauteado no 10º round e retirado de maca depois de sofrer forte pancada do adversário. No mesmo dia, passou por uma cirurgia cerebral de emergência. Mas em novo procedimento nesta quinta acabou não resistindo.

"Eu nunca quis que isso acontecesse com você, tudo que eu queria era vencer. Se eu pudesse voltar atrás, voltaria. Ninguém merece que isso aconteça", disse Charles Conwell, adversário do lutador.

Patrick Day (E) durante luta contra Charles Conwell | Foto Dylan Buell/Getty Images

Day é o terceiro boxeador a morrer em 2019. O argentino Hugo Santillán faleceu em julho após uma luta em San Nicolás, ao norte de Buenos Aires.

A morte de Santillán ocorreu apenas dois dias depois do falecimento do russo Maxim Dadashev devido a lesões cerebrais sofridas em uma luta.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger