O Brasil fez história nos Jogos Pan-Americanos ao garantir a vice-liderança geral do evento, finalizado no último dia 11 de agosto, em Lima, no Peru. Porém, dois atletas que conquistaram duas das 171 medalhas para o país podem perder suas honrarias.

Andressa de Morais, prata no atletismo, e Kacio Freitas (foto abaixo), bronze no ciclismo de pista, testaram positivo para substâncias do mesmo grupo, os moduladores seletivos do receptor de androgênio, mais conhecidos pela sigla em inglês SARM's.

Foto Washington Alves/COB

Os diversos tipos de SARM's eram vendidos livremente no Brasil, sem necessidade de orientação médica, na época do Pan.

Eles aumentam a ação dos hormônios e fazem os atletas ganharem mais músculos. Os SARM's estão entre as substâncias proscritas pela Agência Mundial Antidoping desde 2008.

Além de perderem as medalhas, os brasileiros podem pegar um longo período de suspensão. Porém, eles ainda podem solicitar a abertura da contraprova, que pode dar negativo.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger