Foto Onzeg/Getty Images
Foto Onzeg/Getty Images

A “ressaca” é resultado de uma intoxicação aguda, ocasionada pelo excesso de ingestão de bebidas alcoólicas. Você sabe o que está acontecendo com o seu corpo nessa ocasião? Quem são os responsáveis pelos efeitos adversos?

O etanol é formado durante o processo de fermentação alcoólica de açúcares. No corpo, ele é metabolizado e convertido em acetaldeído, uma substância tóxica que é considerada um dos maiores culpados da ressaca! O acúmulo de acetaldeído na circulação deixa a toxina por mais tempo no organismo.

Durante o metabolismo do etanol, ocorre inibição da glutamina. Ao parar de beber, o organismo tenta recompensar e acaba produzindo glutamina além do necessário. Isso estimula o cérebro enquanto a pessoa tenta dormir, evitando que os níveis mais profundos e revigorantes do sono sejam atingidos.

Sintomas mais comuns e seus motivos

O metabolismo do etanol envolve também vias que participam da formação de glicose. Mas, como as enzimas atuantes estão ocupadas metabolizando o etanol, ocorre uma queda na glicemia e o indivíduo começa a sentir mal-estar e tonturas.

Ainda durante esse processo, o acetaldeído inibe o hormônio antidiurético, fazendo com que a pessoa urine mais e, consequentemente, desidrate. Como resposta, surge a sensação de boca seca e a necessidade de beber mais água no dia seguinte.

Além do mais, ocorre uma alteração na coagulação sanguínea, desacelerando o fluxo de sangue no cérebro. Por conta disso, os vasos sanguíneos se dilatam, ocasionando dor de cabeça.

 

 

Outra consequência é a irritação das células do estômago, devido ao aumento da secreção de ácido clorídrico. Essa alteração é um alerta e um sinal é enviado ao cérebro, avisando que o conteúdo estomacal está agredindo o corpo e precisa ser expelido. Este é o mecanismo que pode ocasionar o enjoo.

E você, já tinha conhecimento dos motivos pelos quais muitas pessoas se arrependem do que fizeram na noite passada? Os sinais e sintomas da ressaca não me parecem muito agradáveis. Beba com moderação! E, fica o alerta, se beber, não dirija!

Quer receber as notícias no WhatsApp?