Com 15 anos no futebol europeu, com direito a título do Campeonato Espanhol, Liga Europa e final de Liga dos Campeões, Filipe Luís está calejado a momentos decisivos.

Porém, apesar da grande bagagem, o jaraguaense vai encarar uma nova experiência nesta quarta-feira (21), quando entrará em campo para sua primeira partida na Libertadores.

Inscrito pelo Flamengo nas quartas de final, o lateral-esquerdo será titular no duelo de ida contra o Internacional, às 21h30, no Maracanã. E ele não escondeu a ansiedade em disputar a principal competição do futebol sul-americano.

“Ansioso por esse jogo. Depois de tantos anos jogando Europa League e Champions, Libertadores é especial. Competição diferente, por mais que seja contra um time brasileiro é especial. No Figueirense fui inscrito na Sul-Americana, mas não tive oportunidade de jogar. Para ter uma carreira completa, tem que passar pela Libertadores”, disse.

Filipe ainda falou sobre o confronto entre os brasileiros, mas sem apontar nenhum favorito.

“Pelo nome, camisa, todos podem pensar que sim, mas nós dentro do vestiário sabemos que não vai ser assim, vai ser um jogo super complicado. O Inter tem um dos melhores times do Brasil, senão da América. Estão acostumados a jogar esse tipo de jogo. Nunca vamos pensar em favoritismo pelos números, o poderio deles é muito forte. Temos que estar melhores do que nunca para poder passar das quartas de final”, destacou.

Outros assuntos da coletiva

Poderio ofensivo do Flamengo

“Temos um ataque espetacular. Flamengo ganhou isso nos últimos anos, olha para o ataque titular com Bruno Henrique, Arrascaeta e Gabigol, no segundo tempo entra o Everton, que é mais titular que todo mundo aí. No outro jogo entrou o Berrío. Quando tem gente desse nível no banco, é quando você está formando grupo campeão”

Gol fora de casa

“Levar gol é ruim, principalmente jogando em casa no primeiro jogo. Mas não temos que pensar nisso, temos que ser sólidos, principalmente atacando. O Inter defende junto, tem bom contra-ataque, o Guererro é espetacular, faz diferença. Quando estivermos atacando temos que estar bem posicionados para não tomar contra-ataque. Com essa solidez, vigilância para marcar, vamos fazer um jogo sólido e, tomara Deus, que a gente consiga um grande resultado”

Bola aérea do Inter

“Bola aérea com certeza preocupa. É uma coisa que a gente trabalha muito, temos que melhorar, conversando muito sobre bola parada defensiva e ofensiva. A do Inter realmente é muito forte, mas estamos nos preparando e tenho certeza que vamos conseguir”

Paolo Guerrero

“Ele é um jogador diferente, que faz a diferença no ataque. Tem muita força, segura bem a bola, chega na área e não fica nervoso. Sem dúvida é um jogador mais perigoso, importante não deixar ele entrar em jogo. Quanto menos tocar na bola, melhor. Ter sempre vigilância em cima dele, estar perto para não deixá-lo virar, ficar bem atento. Talvez gastar dois jogadores com ele vai ser importante para não ter chance de gol. Com o Peru, ele costuma ter chance e aproveitar”

Lembrança positiva

“Enfrentei o Inter com o Figueirense, ganhamos por 1 a 0 no primeiro jogo do Brasileiro de 2004. Lembro que eles ainda tinham o Nilmar. Tenho boas lembranças pois saí com o time na liderança, mas são outros tempos, outros momentos”

Futebol brasileiro

“A intensidade aumenta, a concentração, o jogo é sem dúvida muito mais corrido, até pelo horário, de noite. No futebol brasileiro jogador está adaptado aos tipos de gramados diferentes aqui, todo mundo consegue sair com a bola quicando. Mas me surpreendeu positivamente o nível de competitividade muito alto. Como o Juanfran falou, é um futebol mais pegado, até pelo tipo da grama, que segura um pouco mais, fica mais gente perto da bola. E acaba sendo mais intenso”

Evolução física

“Desde primeiro jogo me senti muito bem. Consegui adaptar rápido ao sistema do Jorge, me sinto bem ao lado do Arrascaeta. Depois de um mês parado não é o ideal, mas cada jogo vou soltando mais. Conforme a confiança vai vindo, o entrosamento vai melhorando”

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger