Desde que a Prefeitura Municipal rompeu o contrato com a empresa que prestava o serviço de cobrança de Zona Azul na Capital, em setembro de 2019, a Guarda Municipal tem feito as atividades de fiscalização, porém, com pouco efetivo, os agentes não conseguem atender toda a cidade, o que resulta em prejuízos a diversos estabelecimentos comerciais.

Diante desse impasse, que dura há mais de quatro meses, a CDL de Florianópolis pede providências para gestão administrativa lançar o edital de contratação emergencial o quanto antes e, assim, devolver a ordem ao estacionamento rotativo na capital catarinense.

Para o presidente da CDL de Florianópolis, Ernesto Caponi, a medida é emergencial, visto que os espaços estão sendo ocupados de forma desordenada.

“Milhares de pessoas frequentam o centro de Florianópolis diariamente para comprar no comércio, contratar serviços e usar serviços de saúde. Com a falta de rotatividade das vagas, compromete a vinda e a circulação das pessoas”, comenta Caponi.

Além disso, o presidente comenta que é rotineiro ver condutores deixando os veículos por muitas horas e até o período integral (mais de seis horas) na vaga.

“É lamentável que existe pessoas que não tem o mínimo de consideração e de bom senso com o outro, sabendo que a cidade passa por essa dificuldade e ainda tira proveito da situação”, diz Caponi.

Nota da Prefeitura

"A Prefeitura de Florianópolis está finalizando o edital de emergência do estacionamento rotativo, para que tenhamos uma operação básica desse serviço, que é necessário porque mesmo esperando a análise do TCE, o edital que já lançamos exige um tempo de implementação maior e é de interesse da administração municipal resolver de forma ágil essa questão, fundamental para a mobilidade na cidade.

A previsão é de que até o final deste mês, este edital de emergência seja finalizado e seja implementado na primeira quinzena de fevereiro

Estamos também entrando com a defesa do edital que já lançamos, e tão logo recebermos o parecer definitivo do TCE, daremos continuidade ao processo licitatório do mesmo."

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul

Facebook Messenger