Foto Freepik
Foto Freepik

A máscara se tornou um item indispensável ao sair de casa já que é uma das formas de prevenção coletiva ao novo coronavírus. Ela protege nariz e boca, duas portas de entrada importantes para a contaminação da covid-19.

Apesar disso, o incômodo causado pelo acessório vem provocando reclamações e até memes, as famosas sátiras virais da internet.

A máscara pode embaçar os óculos, apertar o nariz ou machucar as orelhas. Os elásticos que servem para prendê-las à cabeça causam leve desconforto quando ela é utilizada por longos períodos.

 

 

Além disso, já é um comentário comum que o uso prolongado tende a modificar a aparência das orelhas, deixando-as mais proeminentes.

Contudo, o médico otorrinolaringologista Márcio Freitas esclarece o que é mito ou verdade nessa hipótese que circula pela internet.

“Em adultos, dificilmente ela vai causar alteração na estrutura auricular. O que mantém o formato e a posição das orelhas são as cartilagens, estruturas fortes e flexíveis, que não serão alteradas facilmente”, ressalta.

 

 

Porém, ele alerta para os cuidados com o público infantil: “as crianças podem ser prejudicadas, mas tudo vai depender do tipo de máscara e da pressão do elástico, que pode causar úlceras ou lacerações nos pequenos, pois a cartilagem é mais mole, sendo moldada com certa facilidade.”

Algumas opções disponíveis no mercado possuem amarrações ou encaixes atrás da cabeça, evitando que as orelhas tenham contato com o elástico ou, ainda, existem alargadores de máscara, que engatam o elástico em uma estrutura na parte de trás da cabeça ou na nuca.

Com informações da assessoria de imprensa

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul