Foto Eraldo Schnaider/Prefeitura de Blumenau
Foto Eraldo Schnaider/Prefeitura de Blumenau

O prefeito de Blumenau, Mário Hildebrandt (Podemos), emitiu um decreto que estabelece regras de isolamento social para pessoas com suspeita ou confirmação de contaminação pela Covid-19. O documento determina que toda pessoa que testar positivo, ou que esteja em situação de investigação da doença, deverá ser monitorada.

Para tanto, a Prefeitura implantou uma Central de Monitoramento, composta por profissionais de saúde, que fazem o acompanhamento em tempo real dos pacientes, com o objetivo de garantir o efetivo cumprimento a todo processo de tratamento.

Como irá funcionar?

Os estabelecimentos de saúde, médicos, farmácias e laboratórios de análises clínicas deverão realizar a notificação compulsória dos pacientes, com preenchimento de um formulário eletrônico com os dados pessoais, e informar se possuem celular ou computador com acesso à internet.

Essas informações serão encaminhadas à Secretaria Municipal de Promoção da Saúde que enviará ao paciente, via SMS ou WhatsApp, um link de acesso ao aplicativo Pronto Mobile. Por meio da plataforma, os cidadãos passarão a ser monitorados.

Todos que realizarem o teste para coronavírus são considerados suspeitos até o diagnóstico, por isso devem permanecer em isolamento. Se o resultado der negativo, a pessoa é liberada. Caso a doença seja confirmada, o paciente precisa cumprir o período de isolamento por 14 dias a partir da data do exame.

Acompanhamento médico

Durante o processo de isolamento, o Pronto Mobile ficará em contato com o paciente, que deverá manter o aplicativo instalado. A cada duas horas, a pessoa receberá perguntas relacionadas ao seu quadro clínico, como, por exemplo, "está com febre, dor ou dificuldade para respirar?". Os questionamentos terão “sim” e “não” como resposta.

Os pacientes deverão responder em até 15 minutos e permanecer no endereço indicado no cadastro, com tolerância para deslocamentos de, no máximo, 15 metros. As informações, bem como a localização, serão coletadas, atualizando o quadro clínico e verificando se o isolamento social está sendo cumprido ou não.

 

 

As pessoas que não derem retorno aos questionamentos no prazo determinado, ou que se deslocarem por distâncias superiores às permitidas, serão contatadas por meio de ligações feitas pelas equipes de monitoramento. O não cumprimento das medidas acarretará na responsabilização do paciente e acionamento da autoridade policial, Vigilância em Saúde, Defesa Civil municipal e Ministério Público.

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Telegram Jaraguá do Sul