Foto Lucas Pavin/Avante! Esportes
Foto Lucas Pavin/Avante! Esportes

Um Campeonato Catarinense da Série A com 12 clubes. Essa pode ser a grande novidade nas próximas edições do principal torneio de futebol do estado.

A mudança ficou definida na última segunda-feira (22), quando representantes das 10 equipes do Estadual de 2020 se reuniram na Associação de Clubes, em Florianópolis.

Conforme decisão de maior parte dos dirigentes, a competição do ano que vem terá apenas um rebaixado e três ascendentes da Série B, transformando a primeira divisão de 2021 no novo formato de 12 clubes.

Cristiano Humenhuk representou o Juventus na reunião | Foto Claudio Costa/OCP News

Para novidade ser concretizada, basta a homologação da Federação Catarinense de Futebol, que pode sair no próximo arbitral da entidade ainda neste mês.

“Acredito que isso crie um fortalecimento para as Séries A e B. Os times da segunda divisão que querem o acesso podem atrair mais recursos e visibilidade, e os considerados grandes que se empenhem mais porque as dificuldades vão aumentar. É um trabalho de evolução”, destacou Cristiano Humenhuk, presidente do Juventus.

Caso seja homologado, esta será a segunda mudança na fórmula de disputa da Série A de 2020. No último dia 3 de outubro, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou que os estaduais foram reduzidos para 16 datas, forçando o Campeonato Catarinense a alterar seu formato.

 

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger