No lugar do campo, a televisão. Ao invés da bola e da vibração nas arquibancadas, o “secador” na mão. Assim será o domingo (18) para o elenco, diretoria e torcedores do Juventus.

Após encerrar sua participação na primeira fase da Série B do Catarinense com a vitória sobre o Próspera no último domingo (11), o Tricolor folga na rodada derradeira da competição, de olho no confronto entre Almirante Barroso e Concórdia que definirá seu destino em 2020.

A conta para comemorar a volta à elite do futebol estadual após cinco anos é simples. Com 30 pontos, dois a mais que o Concórdia, o Moleque Travesso precisa torcer para que o Galo do Oeste não vença o líder Barroso, que tem 31 pontos. O duelo que acontece às 10h, no estádio Camilo Mussi, em Itajaí.

Para prestigiar o possível acesso, a diretoria do clube irá disponibilizar um telão aos torcedores com a transmissão do jogo, no estádio João Marcatto. A entrada é gratuita no local, que ainda terá serviço completo de bar e cozinha.

Ou seja, tudo está pronto para o momento decisivo, tenso e que vem gerando muita ansiedade aos juventinos, conforme relata o presidente Cristiano Humenhuk.

“Esperamos que o Barroso ao menos empate, o que já nos coloca na Série A. A ansiedade é de fato nossa companheira desde o início do campeonato, mas agora ainda mais por se tratar da última rodada. Só nos resta aguardar e torcer para que domingo tenhamos atingido o objetivo”, declara.

Quem se classificar enfrenta o Barroso já na próxima quarta-feira (21), pelo jogo de ida da final. O título, por sua vez, será definido no domingo seguinte, dia 25 de agosto.

Classificação

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger