Não deu para Moses Monteiro da Silva. O jaraguaense fez grande combate, mas por decisão dividida dos juízes, acabou perdendo para o americano Darius Estell na edição 59 do CES MMA, evento que serve como “passaporte” para atletas que almejam lutar no UFC.

Para Moses, o resultado não condiz com o que foi a luta. Segundo ele, o adversário furou seu olho e não teve pontos tirados no primeiro round, em perdeu na decisão dos juízes, mesmo aplicando muitas quedas sobre Estell.

No segundo, o adversário foi melhor e venceu, enquanto no terceiro round, Moses ganhou.

“Realmente ele (Darius Estell) é um cara forte, mas não aguentou minha pressão no grapling. Perdi por bobeira, mas mostrei que tenho coração e todos gostaram da luta”, disse o lutador da Academia Mau Mau BJJ GFTeam Massachusetts, de Boston-EUA.

Mesmo com a derrota, a performance do jaraguaense chamou a atenção dos organizadores do CES e deve render um contrato com o evento, além de uma luta já agendada para o mês de janeiro.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger