O vereador e presidente da Câmara de Jaraguá do Sul Marcelindo Gruner (PTB), já iniciou a organização de um protesto para marcar os 108 dias do deslizamento no km 35 da SC-108 de Guaramirim. Grunner já tinha avisado há cerca de uma semana em sessão na câmara jaraguaense que faria bolo e selfie no local do desmoronamento da pista, caso as obras não tivessem iniciado.

 

 

E pelo que tudo indica, o protesto vai se concretizar mesmo, pois apesar do envolvimento incansável do prefeito Luís Antônio Chiodini e de inúmeras lideranças empresariais e políticas da região, a burocracia dos governos estadual e federal para liberação dos recursos para a obra, impediu o começo desta manutenção que se faz tão urgente e necessária tanto para a segurança, quanto para a economia da região.

O vereador está mobilizando outros vereadores e lideranças da região, para que na próxima quarta-feira (5) em horário ainda a ser definido seja realizado o protesto um tanto irônico. A intenção dele é levar um bolo de aniversário para o local a fim de “celebrar” ou melhor, lamentar, o período de bloqueio da rodovia.

Gruner já anunciou que vai enviar convites para o governador Carlos Moisés e para os secretários de Estado para que compareçam ao ato. Para ele, é uma vergonha o fato de o governo não ter cerca de R$ 3 milhões disponíveis para os reparos da via. “Estamos dando um prazo até quarta-feira. Vamos mostrar para a sociedade a ‘eficiência’ desse governo. Cem dias já é o suficiente para mostrar do que é capaz e do que não é”, advertiu.

Procuramos o Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) esta semana e a resposta que obtivemos foi de que o referido processo foi novamente encaminhado pelo governo do Estado, na semana passada com ajustes solicitados pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec).

Ainda segundo o MDR, o plano de trabalho já foi aprovado pela área técnica e o empenho será realizado nos próximos dias, mas sem precisar quando.  “Após esta etapa, o ente estadual terá até 190 dias para finalizar a licitação e, em seguida, o recurso federal será liberado. Estão autorizados R$ 2,7 milhões ao Estado de Santa Catarina para a execução dos serviços”, finalizada a resposta do Ministério.

Convênios com associações

O Governo do Estado criou oficialmente esta semana os Núcleos de Gestão de Convênios (NGCs) com a publicação do decreto nº 129/2019. As equipes ficam vinculadas à Central de Atendimento aos Municípios (CAM) da Casa Civil e passam a atuar dentro das 21 associações de municípios do Estado. Cada equipe será composta por dois servidores efetivos e de acordo com o secretário da Casa Civil Douglas Borba, a abrangência vai respeitar os limites geográficos das associações de municípios reconhecidas pela Federação Catarinense de Municípios (Fecam).

Os núcleos devem auxiliar a gestão de convênios a serem firmados entre as secretarias de Estado, municípios e outras entidades, além de receber documentos e orientar os municípios sobre os trâmites para a realização dos contratos.

Rodovias na pauta da Amvali

E justo a manutenção e conservação das rodovias estaduais, por meio de parceria entre as associações de municípios e o governo estadual, está os assuntos a serem discutidos nesta quinta-feira (30), às 14h30, na 140ª Assembleia Geral Ordinária da Amvali  (Associação dos Municípios do Vale do Itapocu), na sede da entidade.

Também durante a assembleia, será apresentado o Masterplan pela equipe da Fiesc e que trata do  planejamento geral para o desenvolvimento dos municípios englobando os fatores econômico, ambiental e social para atração de novas empresas.

Faltas em consultas em Jaraguá do Sul prejudica pacientes

Levantamento apresentado pela Secretaria de Saúde de Jaraguá do Sul  aponta que entre janeiro e a primeira quinzena de maio deste ano, foram registradas 3.885 faltas em consultas odontológicas. Este número representa 25,49% do total de 15.236 vagas ofertadas no período, sendo 10.126 destinadas a pacientes adultos e 5.110 a crianças.

Entre as possíveis soluções para este problema, a Secretaria de Saúde solicita aos pacientes que, de preferência, não faltem às consultas agendas pela Central de Regulação. Em caso de necessidade extrema, que entre em contato com a unidade de saúde e informe da impossibilidade de comparecer, com pelo menos um dia de antecedência.

Insalubridade para grávidas e lactantes

O Supremo Tribunal Federal (STF) julgou inconstitucional a norma da reforma trabalhista aprovada no governo Michel Temer (MDB) que autorizava o trabalho de grávidas e lactantes em atividades insalubres. Segundo a alteração na lei, a dispensa das trabalhadoras está condicionada à apresentação de um atestado médico.

A regra, no entanto, está suspensa desde maio do ano passado, por causa de uma decisão liminar do ministro do STF Alexandre de Moraes.  Segundo o ministro, a proteção da mulher grávida ou da lactante em relação ao trabalho insalubre caracteriza-se como direito social protetivo tanto da mulher quanto da criança.

Novo pretende lançar candidatura em 11 municípios

O presidente estadual do Partido Novo Eduardo Ribeiro e o vice Vinicius Loss, participaram na noite de quarta-feira (29) de encontro da sigla no Empório Homebrew, no bairro Nova Brasília, em Jaraguá. Ribeiro está percorrendo cidades do Estado que atingiram, ou que estão prestes a atingir, 150 filiados no partido, número mínimo estipulado pelo Novo para que possam ser formalizadas candidaturas para as prefeituras e câmaras em 2020.

Jaraguá do Sul, que já está com cerca de 125 filiados é uma delas, dentre outras 10 pelo menos. Segundo o presidente do Novo, SC está entre os estados do País com maior número de novos filiados este ano, tendo 3 mil registrados até ontem. O diferencial do Novo dos demais partidos é que a sigla não utiliza os fundos partidários e eleitoral em campanhas, e que, segundo a direção da sigla tem atraído novo filiados.

Na foto, da esquerda para direita: Rodrigo Livramento, Eduardo Ribeiro, Vinicius Loos, Ednilson dos Passos e Artemio de Azevedo.

Presidente estadual do Partido Novo esteve em Jaraguá do Sul na noite desta quarta-feira

Quer receber as notícias no WhatsApp?