A Polícia Civil prendeu um homem envolvido na morte da comerciante Kátia Regina Silva, 46 anos. Os mandados de prisão temporária e de busca e apreensão foram cumpridos na manhã desta terça-feira (13), em Balneário Barra do Sul.

O comerciante estava foragido desde o dia 2 de agosto, quando os policiais civis prenderam a mulher dele. Na residência do casal, os policiais civis encontraram um revólver calibre .38 que foi utilizado na execução da vítima. O homem conseguiu fugir e não foi preso.

Depois de ser levado para a Delegacia de Polícia Civil, o homem foi encaminhado para a Unidade Prisional Avançada de São Francisco do Sul. De acordo com o delegado que preside o inquérito, Rafaello Ross, o crime ocorreu pela concorrência entre os comerciantes.

Katia desapareceu após voltar de compras em São Paulo, no dia 24 de julho. O carro dela foi encontrado incendiado na praia do Ervino em São Francisco do Sul. Depois, o corpo foi localizado com um tiro na cabeça às margens da BR-280, em Araquari.

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger