A Prefeitura de Joinville instalou um comitê interno de crise para monitorar os efeitos da paralisação dos caminhoneiros que atinge todo o País.

Quer receber as notícias no WhatsApp? Clique aqui

Em reunião realizada neste domingo (27), o prefeito Udo Döhler, juntamente com os secretários, definiu ações prioritárias para que os serviços públicos prioritários sejam mantidos para a população, mesmo com um cenário de contingência. A Prefeitura de Joinville informou que mantém atendimentos normalizados.

AO VIVO: acompanhe a paralisação dos caminhoneiros em SC

Na reunião foi definido algumas medidas imediatas e detalhado a situação dos serviços públicos durante a semana:

- As aulas da rede municipal serão mantidas até quarta-feira, dia 30 de maio (quinta-feira é feriado e sexta-feira não há atendimento devido ao ponto facultativo).

- A Secretaria da Educação está monitorando o fornecimento de alimentos para merendas e gás para atendimento às cozinha das unidades.

- Os serviços nas unidades básicas de saúde continuam normalizados até quarta-feira, dia 30 de maio (quinta-feira é feriado e sexta-feira não há atendimento devido ao ponto facultativo).

- Os Pronto Atendimentos (PA Norte, Sul e Leste) continuam atendendo normalmente, priorizando os casos mais urgentes.

- O Hospital Municipal São José mantém os serviços normalizados, mas monitorando o fornecimento de insumos necessários para a manutenção da alimentação e atendimento mais urgentes.

- A equipe da Secretaria da Saúde mantém vigilância 24 horas para os níveis de abastecimento de todos os itens do elenco de medicamentos, insumos, materiais cirúrgicos, alimentação, oxigênio, enxoval e combustível para garantir a circulação das ambulâncias de urgência e emergência, transporte de pacientes para hemodiálise, TFD (tratamento Fora do Domicílio) e distribuição de insumos nas unidades de saúde de todo o município.

- A Companhia de Águas de Joinville mantém o atendimento normalizados no tratamento de água nas estações. Será avaliada a necessidade de solicitação de apoio de comboio para a coleta de insumos necessários para a manutenção do serviço.

- O serviço de transporte público tem combustível, conforme as empresas concessionárias, para manter o atendimento até quarta-feira (30).

- O serviço de coleta de lixo mantém o atendimento normalizado até quarta-feira (30/05).

- A Prefeitura de Joinville implantou medida de contenção dos usos dos veículos, para que sejam priorizados atendimentos mais emergenciais.

- O Município também cortou momentaneamente as diárias.

- Os eventos oficiais estão cancelados preventivamente.

- A Prefeitura de Joinville vai solicitar escolta da Polícia Militar para a coleta e transporte de combustível ou insumos necessários aos abastecimentos prioritário para manter os atendimentos à população.

LEIA MAIS: 

- Manifestação reúne milhares de pessoas em Joinville

- Reunião em Joinville define medidas imediatas e detalha a situação dos serviços públicos

- Filas quilométricas se formam em posto de gasolina em Joinville

Decretada situação de emergência em Jaraguá do Sul por causa da paralisação nacional

Confira em quais municípios haverá aulas nesta segunda e em quais foram suspensas

Canarinho suspende mais horários de ônibus nesta segunda (28)

Manifestações de apoio aos caminhoneiros marcam o domingo na microrregião