Se os jaraguaenses têm notado um aumento significativo no fluxo de veículos no trânsito de Jaraguá do Sul, o Detran-SC (Departamento Estadual de Trânsito de Santa Catarina) confirma o crescimento.

De acordo com os dados do órgão, a frota de veículos da cidade cresceu 3% em 2018. O número de veículos que era de 115.437 em dezembro de 2017, saltou para 118.894 em dezembro de 2018 - são 3.457 veículos a mais circulando pelas ruas do município.

Segundo o levantamento realizado pelo Detran, os carros são os responsáveis pelo maior crescimento, com o acréscimo de 1.995 à sua frota, passando de 69.963 para 71.958. Camionetas, caminhonetes, utilitários e reboques fecham a lista dos cinco veículos que mais cresceram entre 2017 e 2018, com adições de 444, 367, 239 e 169 respectivamente.

Apesar de não figurar entre os que mais tiveram acréscimo de frota, as motocicletas continuam sendo a segunda categoria com mais número de veículos em Jaraguá do Sul, são 17.188.

Embora tenha havido crescimento da frota e de praticamente todas as categorias de veículos, o número de micro ônibus teve queda entre dezembro de 2017 e dezembro de 2018 na cidade, apontam os dados do Detran. De 240 veículos diminuiu para 237.

Levando em consideração os dados do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), que estima a população de Jaraguá do Sul em 2018 em 174.158 habitantes, a proporção é de 1,46 veículos para cada jaraguaense.

Ainda não foram divulgados os números nacionais, mas a frota do país, segundo relatório do Sindipeças (Sindicato Nacional da Indústria de Componentes para Veículos Automotores), era de 43,4 milhões de unidades circulantes em 2017, com os automóveis (36.007.536) e as motocicletas (13.198.091) predominando nas estradas do Brasil. Naquele ano, Santa Catarina ocupava o 6º no ranking de frotas, com 4,90% do total nacional.

Em dezembro de 2018, segundo o Detran, a frota catarinense era de 5.026.547 veículos.

Vendas superam expectativas em concessionária

Depois de anos de estagnação econômica, para o gerente de vendas da Caraguá Auto Elite, Joir Silveira Junior, 2019 tem tudo para superar os números de 2018 que foram, ressalta ele, surpreendentes. Ele conta que a Volkswagen terminou foi responsável por pouco mais de 19% dos emplacamentos realizados nas cinco cidades – Jaraguá do Sul, Guaramirim, Massaranduba, Corupá e Schroeder.

Para ele, este ano deve registrar um número ainda maior. “Eu acredito que vai ser um ano para consolidar os resultados obtidos no segundo semestre do ano passado, que foi o mais movimentado em vendas. Vamos continuar com um bom volume de vendas. Nós vemos o setor com bons olhos para este ano”, diz.

Em 2018, ele explica, o volume de vendas superou as expectativas, especialmente nos últimos três meses do ano. “Principalmente quando comparamos o último trimestre, teve uma resposta muito boa de mercado. Tivemos uma venda um pouco acima do esperado, em torno de 5% a 10%”, destaca.

Junior acredita que há um conjunto de fatores que convergiram para o bom resultado, somando o otimismo com o possível “boom” de retomada da economia e uma demanda reprimida.

“Muitas pessoas estavam esperando as coisas desenrolarem para trocar de carro, até mesmo empresas que costumavam trocar a frota a cada dois anos, esperaram três, então isso gerou uma demanda reprimida. Agora, teve uma onda de otimismo e uma retomada maior de vendas”, analisa.

Veículos que mais tiveram crescimento de frota:

  • Automóvel: 1.995 (De 69.963 para 71.958)
  • Camioneta: 444 (De 6.153 para 6.597)
  • Caminhonete: 367 (De 6.233 para 6.600)
  • Utilitário: 239 (De 1.397 para 1.636)
  • Reboque: 169 (De 2.248 para 2.417)

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?