De acordo com os números apresentados diariamente no relatório da Secretaria de Estado da Saúde, Florianópolis tem 1.937 casos a mais registrados de Covid-19 nos últimos 14 dias, ou seja, desde o começo de outubro. No dia 1º, 13.290 pacientes estavam infectados, enquanto que nesta quarta-feira (14), um total de 15.227 pessoas estavam com a Covid-19 na Capital. Esses dados serão atualizados nesta quinta-feira (15).

 

 

O crescimento da confirmação de pessoas infectadas com o coronavírus com coincide com as medidas de flexibilização do distanciamento social, anunciadas tanto pelo governo do estado quando pela prefeitura, assim como pelo desrespeito às medidas que são mantidas pelos órgãos de segurança sanitária. De acordo com o governo estadual, Florianópolis está em risco Grave para o contágio da doença, correspondente à cor laranja no mapa da Matriz de Risco.

48 ocorrências de descumprimento

No último final de semana, por exemplo, foram repetidas as cenas de aglomerações em vários locais da cidade. A Polícia Militar, a Guarda Municipal e a Vigilância Sanitária registraram 48 ocorrências de descumprimento das medidas sanitárias na Capital.

No domingo (11), um restaurante no Norte da Ilha foi interditado após a Polícia Militar flagrar cerca de 300 pessoas no local. Só a Guarda Municipal atendeu a 32 ocorrências do tipo e fechou seis estabelecimentos. A Vigilância Sanitária realizou 20 vistorias, sendo que quatro delas resultaram em multas.

 

Casos em outubro

  • 14/10 – 15.227
  • 13/10 – 14.977
  • 12/10 – 14.940
  • 11/10 – 14.743
  • 10/10 – 14.581
  • 09/10 – 14.437
  • 08/10 – 14.125
  • 07/10 – 14.101
  • 06/10 – 13.969
  • 05/10 – 13.758
  • 04/10 – 13.624
  • 03/10 – 13.478
  • 02/10 – 13.397
  • 01/10 – 13.290

Números de casos a mais em outubro – 1.937

Fonte: Secretaria de Estado da Saúde

 

O que diz a prefeitura

A Prefeitura de Florianópolis, por meio da Secretaria de Saúde, observa em relação a investigação epidemiológica que houve aumento em surtos nos locais de trabalho, e aglomerações familiares com pessoas que não moram na mesma residência.

A orientação é para que a população tenha cautela e respeite as medidas de distanciamento social, seguindo o regramento dos protocolos de segurança instituídos para abertura de estabelecimentos, por exemplo. Outras medidas recomendadas é que a população continue fazendo o uso de máscaras e evite lugares com pouca ventilação, com número grande de pessoas, ou em locais fechados onde pessoas falam em voz alta.

Apesar de estarmos com menos casos que nos meses de julho e início de agosto, o vírus ainda está circulando em grande quantidade e sem os cuidados o número de doentes pode aumentar.

O aumento de casos observado também ocorre nos principais municípios da região. Esses dados refletem nos resultados regionais computados pela Secretaria do Estado da Saúde.

A administração municipal acompanhará a evolução de casos, internação e outros dados epidemiológicos e se preciso tomará ações para maiores endurecimentos das medidas, acompanhando a recomendação estadual.

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp