Devido aos já cinco dias de manifestação dos caminhoneiros bloqueando as principais rodovias do Estado, afetando principalmente os postos de combustíveis, diversos municípios da Grande Florianópolis e a própria Capital anunciaram medidas relacionadas ao transporte público das regiões, devido à escassez de gasolina.

Segundo o secretário municipal de Transporte e Mobilidade de Florianópolis, Marcelo Silva, "se a paralisação não acabar, temos combustível para os os ônibus até sábado, hoje (25) estão circulando com horário de sábado e amanhã será com o horário de domingo, e para domingo já não temos nem certeza se terá diesel. O Consórcio Fênix que é composto por 5 empresas, tem apenas 50 mil litros armazenados, Florianópolis corre o risco de ficar sem transporte a partir de domingo."

Garopaba que fica a 100 quilômetros da Capital, suspendeu na quinta-feira (24) o transporte gratuito de quem estuda em cidades vizinhas, além dos ônibus escolares da região, sem previsão de retorno, enquanto não normalizar o abastecimento das conduções. Além disso, segundo a empresa Expresso Garopaba, o coletivo do município só tem condições de atender até domingo, dia 27 de maio.

Já na cidade vizinha, em Imbituba, foi alertado que para o transporte público continuar, devido à falta de combustível, será reduzido ao máximo os horários, visando estender o serviço nas localidades pelo maior tempo possível.

Em Tijucas, mais próximo da Ilha, manterá as atividades normalmente, mas com pequenas restrições, priorizando o atendimento à saúde e educação, sem alteração nos serviços de transportes para emergências, urgências, pacientes e o escolar, tendo apenas redução no uso da gasolina, evitando a falta do produto.

A prefeitura de São José também se pronunciou, fazendo um alerta a população sobre o atendimento parcial das linhas do sistema municipal de ônibus, que faz ligação entre os bairros, e a partir de hoje (25) apenas o coletivo do Diretão estará em circulação. Demais linhas ficarão suspensas até o final da manifestação.

O transporte intermunicipal, que atendem bairros de São José até a Capital, se mantém parcial nos serviços desde ontem (24). Para o fim de semana, todas as linhas intermunicipais estarão suspensas.

MAIS SOBRE A GREVE DOS CAMINHONEIROS