Foi iniciada a campanha de arrecadação de alimentos VacinAção Solidária, criada pela Secretaria de Assistência Social e Habitação, em parceria com a Secretaria de Saúde.

Na última semana as entidades assistenciais Mãos Solidárias e Casa de Apoio Padre Aloísio Boeing foram as primeiras a receber doações da campanha.

Nesta terça-feira (20), a Secretaria de Assistência fez a entrega de 840 quilos de alimentos para outras quatro ONGs de Jaraguá do Sul.

Foto Divulgação/PMJS

As entidades ONG SOL, Comunidade Terapêutica Novo Amanhã, Mevan Missões Evangélicas e Comunidade Haitianos receberam cerca de 210 quilos de alimentos não perecíveis doados por jaraguaenses que foram se vacinar contra a Covid-19.

O secretário municipal de Assistência Social e Habitação, André de Carvalho Ferreira, lembra que a campanha é aberta e todos. Mesmo quem não está nos grupos da vez de vacinação pode levar donativos até o Parque de Eventos.

“Qualquer munícipe pode doar, independente se já tomou ou não a vacina”, reforça Ferreira.

O secretário ainda acrescenta que neste ano o número de pessoas em situação de vulnerabilidade social aumentou consideravelmente em Jaraguá do Sul.

 

 

Com esta nova distribuição de alimentos, já foram doados mais de uma tonelada de alimentos para famílias em vulnerabilidade social.

É importante destacar que não há entrega de alimentos na Central de Vacinas, no Parque Municipal de Eventos, os alimentos são entregues às ONGs que distribuem por contra própria.

 

VacinAção Solidária

Objetivo: arrecadação de alimentos para famílias em situação de vulnerabilidade social

Local: Parque Municipal de Eventos

Horário: segunda a sexta-feira, das 8h às 18h

Sábados e domingos, das 8h às 17h (este horário pode sofrer alterações, dependendo da disponibilidade de doses)

Doações: arroz, feijão, macarrão, açúcar, farinha, óleo de cozinha, produtos enlatados, café, leite em pó, biscoitos e bolachas.

*Com informações de assessoria de imprensa.