Com a sequência inesperada de sete derrotas entre Liga Nacional e Campeonato Catarinense, são inúmeras as críticas em cima do elenco do Jaraguá Futsal.

E com grandes riscos de ver a equipe de fora do mata-mata pela primeira vez na história dos pontos corridos, o presidente Marcio Haffemann se posicionou sobre o atual momento do clube.

Segundo ele, diretoria e comissão técnica vem conversando diariamente e deve tomar uma posição nos próximos dias do que pode ser feito para sair dessa situação incômoda.

No entanto, garantiu que não serão feitas mudanças drásticas, já que o Jaraguá ainda luta para ter uma estabilidade financeira fora das quatro linhas.

“Não temos muito o que falar e sim trabalhar para reverter essa situação. Mas não vamos fazer loucuras. Podem nos criticar, xingar e sabemos que a classificação será difícil pela fase que o time está passando, mas vamos lutar até o fim”, destacou Haffemann.

Lance do jogo contra o Copagril | Foto Lucas Pavin/Avante! Esportes

Com a goleada sofrida para o Copagril na última terça-feira (16), o aurinegro deixou a zona de classificação aos playoffs da LNF e aparece na 17ª posição, com 10 pontos, apenas um acima do lanterna Blumenau.

Sem muito tempo para lamentar, o Jaraguá tenta reunir forças para três jogos consecutivos fora de casa.

O primeiro será já neste domingo (21), quando encara um confronto direto da parte de baixo da tabela, contra o vice lanterna Joaçaba, às 19h. Depois, enfrenta o Sorocaba, no dia 26, e Blumenau, no dia 2 de agosto.

Já as três rodadas finais serão diante de Carlos Barbosa e Atlântico Erechim, na Arena, e Pato, no Paraná.

Classificação

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

Telegram

Facebook Messenger

WhatsApp