Não deu para Willian Lima. Mesmo fora de sua especialidade que é o MMA, o jaraguaense fez grande combate no WGP - o maior evento de kickboxing da América Latina -, contra o experiente Eduardo Borba.

Mas por decisão dividida dos juízes, ‘Malvadeza’ acabou sendo derrotado pelo paranaense de 36 anos na noite de sábado (23), no ginásio Hamilton Linhares Cruz, em Balneário Camboriú.

Em luta de três rounds na categoria 71,8kg, Willian dominou as ações do primeiro e viu o adversário reagir nos outros dois.

Porém, apesar de uma leve superioridade, a apresentação do representante de Jaraguá do Sul não foi o suficiente para os juízes, que – em decisão polêmica – deram a vitória para Borba.

“Foi luta dura, mas achei que venci o primeiro e terceiro round. Foi bom pegar um adversário duro na luta em pé para me testar e melhorar cada vez mais. Obrigado a todos pelas mensagens e força para eu continuar focado no meu principal objetivo que é o maior evento de MMA do mundo, o UFC”, avaliou o atleta da Astra Fight Team.

O jaraguaense não sabia o que era perder há mais de cinco anos, quando ainda lutava no amador. No entanto, como era evento de kickboxing, ele segue invicto no MMA, categoria que acumula 10 vitórias como profissional.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger