Quatro projetos são aprovados pelo Conselho de Inovação de Jaraguá do Sul

Foto: Divulgação/PMJS

Por: Elisângela Pezzutti

05/06/2023 - 14:06 - Atualizada em: 05/06/2023 - 14:24

O Conselho Municipal de Inovação (CMI) e a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Inovação de Jaraguá do Sul estão divulgando quatro projetos inovadores aprovados pelo CMI na semana passada. São eles: lombada inteligente, estação meteorológica 5G, fotocélula com telemetria e Salutho 1000 dias de acompanhamento de gestantes e bebês (ver mais informações abaixo).

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Thiago Sarmanho, explica que os projetos são um reflexo da Lei do Sandbox, Lei Municipal nº 8.746/2021, que flexibiliza normas para quem quer inovar.

O diretor de Desenvolvimento Econômico e Inovação, Izidoro Flor, ressalta que projetos inovadores são bem-vindos, recebem análise do CMI e de comitês específicos de avaliação e que pessoas interessadas em desenvolver esses projetos devem entrar em contato com a diretoria, pelo telefone 2106-8169 ou e-mail id82278@jaraguadosul.sc.gov.br, com Izidoro.

Veja abaixo mais detalhes dos projetos

Lombada Inteligente

A proposta tem por iniciativa a construção de lombadas físicas padronizadas (pré-moldadas), que visam proporcionar agilidade nas instalações, economia de recursos públicos e mais segurança no trânsito. Deve ser instalada na rua do Centro de Inovação, no Bairro Três Rios do Sul.

Estação Meteorológica 5G

O projeto tem como objetivo monitorar locais de risco e capturar informações e intempéries climáticas, contribuindo com setores econômicos e com a Defesa Civil. A inovação fica por conta da conexão 5G e do software para ler os dados meteorológicos. Deve ser instalada no Parque da Inovação.

Fotocélula com telemetria em iluminação pública

O projeto tem por objetivo implantar um sistema de controle de consumo de energia elétrica em luminárias, por meio do controle inteligente de intensidade de iluminação. Foi solicitado as dependências do Parque da Inovação para serem efetuados os testes.

Salutho 1000 dias acompanhamento gestantes

Proposta visa acompanhar o período de gestação das mães e o pós-nascimento das crianças até dois anos de idade, efetuando o rastreamento prematuro de doenças, realizando cruzamento de doenças congênitas, medindo percentual de cesarianas, tudo por meio de software inteligente, auxiliando a saúde pública municipal.