Governo vai liberar R$ 2,5 bilhões para o transporte público de idosos

Por: Áurea Arendartchuk

27/08/2022 - 06:08

 

O governo federal publicou esta semana a Medida Provisória (MP) que libera, em caráter de crédito extraordinário, R$ 2,5 bilhões a serem repassados a empresas de ônibus. Segundo o texto, as verbas custearão a gratuidade do transporte público para pessoas acima de 65 anos nos estados e municípios.

De acordo com o texto, o fundo também cobrirá despesas com o auxílio emergencial para caminhoneiros e taxistas. A ação já era prevista pela Emenda Constitucional nº 123, aprovada pelo Congresso Nacional em 14 de julho deste ano.

Segundo o governo, a medida atende à necessidade de auxiliar a população mais vulnerável financeiramente, bem como reduzir os impactos sociais decorrentes da súbita elevação dos preços dos combustíveis.

Em nota, o governo federal esclarece que a MP “não afeta o teto de gastos e nem o cumprimento da meta de resultado primário, conforme prevê a própria Emenda Constitucional nº 123.”

Amin faz campanha em Jaraguá

O senador Esperidião Amin (PP), candidato ao governo de Santa Catarina na chapa com Dalírio Beber (PSDB), esteve em Jaraguá do Sul na tarde de sexta-feira (26) quando concedeu entrevista coletiva à imprensa, no Clube Baependi. Também estavam presentes lideranças e candidatos a deputado da coligação que apoia Amin, dentre eles o candidato a reeleição, deputado Vicente Caropreso (PSDB).

Durante a coletiva, o senador ressaltou os três principais pilares de sua campanha: melhorias na qualidade da educação, com foco no empreendedorismo, descentralização da saúde e investimento em infraestrutura de transportes.

“Temos em Santa Catarina, uma perspectiva muito importante e desafiadora, que é a formação de jovens para profissões do futuro, que ainda nem existem. O desafio não é construir escolas, mas mantê-las atualizadas com equipamentos modernos, oferecer ensino técnico de qualidade, atualizar os professores. Precisamos motivar os jovens para empreender. Nós somos o estado mais empreendedor do Brasil”, destacou.

Amin declarou que é preciso acabar com as filas para cirurgias e outros procedimentos médicos e ressaltou a necessidade do Estado continuar firmando parcerias com o governo federal para melhorar as condições de tráfego nas rodovias que cortam Santa Catarina.

Foto: Fábio Junkes