Em reunião com o prefeito Dieter Janssen (PP) e o prefeito eleito Antídio Lunelli, o diretor para Santa Catarina da Estácio de Sá, Rafael Villari, confirmou que o grupo está tomando as medidas necessárias para construir a unidade em 2017 e iniciar 2018 já ofertando o curso de medicina no município, conforme prevê edital do Ministério da Educação (MEC).

Serão 40 vagas oferecidas no primeiro vestibular. Villari adiantou para coluna que a intenção da Estácio é fazer em Jaraguá do Sul um centro completo de saúde, com todos os cursos da área, como odontologia, nutrição, enfermagem, fisioterapia e outros. Isso só poderá ocorrer depois de quatro anos da abertura do curso de medicina na cidade, conforme a seleção do MEC. Segundo Villari, terrenos e imóveis prontos estão sendo negociados pelo grupo que conta com 560 mil alunos espalhados pelo Brasil, sendo o segundo maior do país.

A Estácio tem cursos de medicina em três campus hoje, Rio de Janeiro, Ribeirão Preto e Juazeiro do Norte, e foi autorizada a implantar a especialidade em outras quatro cidades. O diretor afirma que a partir de agora pretende intensificar os contatos com a comunidade, incluindo a médica. “Queremos fazer tudo envolvendo  as pessoas daqui. Não queremos trazer pessoal de fora. Em uma cidade com espírito comunitário tão forte como Jaraguá do Sul, nem tem como ser diferente”, disse.

linha azul

Boas notícias

IMG_0214

Antídio Lunelli (E), Ademar Possamei, Dieter Janssen, diretor da Estácio em SC, Rafael Villari, e Emanuela Wolff, em reunião ontem. Villari diz que veio agradecer ao prefeito Dieter pelo empenho em trazer o curso de medicina para Jaraguá do Sul e para conhecer o prefeito eleito, além de manter todos atualizados sobre a implantação do curso.

linha azul

Proibição em lei 

Os interesses são diversos e a pressão é grande, mas a Mesa Diretora da Câmara promete apresentar para ser lido na sessão de hoje projeto de lei que altera a Lei Orgânica e prevê a necessidade de renúncia do mandato de vereador que desejar assumir cargo na Prefeitura, em Jaraguá do Sul. Para ser aprovada, a medida precisa de oito votos no plenário.

linha azul

Inauguração

Prefeito de Guaramirim, Lauro Fröhlich (PSD) entrega para comunidade nesta quinta-feira um novo ginásio. A estrutura fica ao lado da Escola Urbano Teixeira, no bairro Amizade.  O espaço, com arquibancada para 200 pessoas, recebeu investimento de R$ 450 mil.

linha azul

Movimento municipalista

WhatsApp Image 2016-11-07 at 3.28

Prefeito eleito de Corupá, João Carlos Gottardi (PP) participa de congresso nacional dos prefeitos eleitos, em Brasília. Na foto, o corupaense está ao lado de outro pepista, Magno Bolmlmann, que venceu as eleições e vai administrar São Bento do Sul. A intenção é buscar informações e fazer contatos.

linha azul

Apoio à proibição

Quem acompanha a discussão sobre a indicação de vereadores para cargos no Executivo é o prefeito eleito de Corupá, João Gottardi (PP). Ele lembra que antes mesmo da polêmica já incluiu no material de campanha o compromisso de não convidar para fazer parte do seu governo nenhum dos eleitos. E mais, se projeto de lei for discutido no município proibindo a dança de cadeiras, promete apoiar a iniciativa. “A política precisa avançar”.

linha azul

Renúncia

Aliados ao vice-prefeito de Corupá, Loriano Rogério da Costa, o Kutsha (PSDB), estão alertando o tucano que no caso de renúncia de Luiz Carlos Tamanini (PMDB), ele, como responsável pelo fechamento das contas e por entregar a administração, pode ser responsabilizado por eventuais problemas.

linha azul

Encontro dos eleitos

O PMDB de Santa Catarina agendou para o dia 5 de dezembro o primeiro encontro de prefeitos e vice-prefeitos eleitos.  Com os resultados da eleição municipal, o PMDB passará a governar em 101 prefeituras, num universo de mais 2,4 milhões de pessoas, 36,3% da população.

linha azul

Prioridade conjunta 

Os prefeitos Dieter Janssen (PP) e Lauro Fröhlich (PSD) já entregaram ao promotor regional do Meio Ambiente, Alexandre Schmitt dos Santos, o projeto executivo da nova ponte sobre o Rio Itapocuzinho, a Ponte do Zanotti. O desafio dos próximos prefeitos será garantir os recursos.

linha azul

Não é indústria 

Dados da Prefeitura de São Paulo mostram que 5% dos motoristas são responsáveis por 50% das multas emitidas. O veículo campeão de infrações cometeu 1.528 delas, no ano passado. Os números quebram a tese da suposta indústria de multas e reforçam que o desrespeito às leis é que precisa ser combatido.

linha azul

Lar Legal

Cerca de 40 moradores de Massaranduba receberam na sexta-feira o título de suas propriedades. A iniciativa faz parte do programa Lar Legal. Em Guaramirim, 800 pessoas foram beneficiadas no mês passado.