Lembro como se fosse ontem...caderno de Educação Moral e Cívica da segunda série primária (hoje Ensino Fundamental I), no maior do capricho e como tema da aula, copiar o Hino Nacional já nas primeiras páginas. A tarefa consistia também em depois do Hino copiado, ser cantado para que aprendêssemos um dos maiores e mais importantes símbolos do nosso País. Parece que vejo a Professora Odete Stengher entrando na sala de aula do Colégio Divina Providência, com a vitrolinha Phillips cuja tampa, servia também de caixa de som.

Outra coisa importante era saber que o Hino era sempre executado ou cantado com as pessoas em posição de sentido, não usando bonés, gorros, mascando chicletes ou balas, tudo isso em sinal de respeito. Ah, outro detalhe, a Professora Odete reforçava que em determinada estrofe a pronúncia era “Espêlha” (com o E fechado) e não “Espélha”. Outro detalhe: não aprendemos somente o Hino Nacional, mas também o Hino à Bandeira, Hino à Independência, Hino do Estado de Santa Catarina e o Hino de Jaraguá.

Mais tarde, já estudando no Colégio Marista São Luís, em dia de homenagem cívica, toda a comunidade escolar reunia-se no pátio do colégio, em filas por turmas e antes de qualquer coisa cantávamos o Hino Nacional. O comando vinha do Irmão Diretor que dizia: “Tomar distância! Posição de sentido!” E o Hino Nacional começava a ecoar nas caixas de som espalhadas pelo corredor.

Professores a postos, evitando qualquer tipo de brincadeira enquanto cantávamos a tão imponente canção. Cantar o Hino, hastear a bandeira, tudo isso era motivo de orgulho para todos nós, que apesar da pouca idade, já entendíamos um pouco a importância do momento solene que estávamos presenciando.

Hoje em dia, numa sociedade que parece se vangloriar com a inversão de valores, cantar o Hino Nacional passou a ser algo desnecessário e até mesmo tornou-se motivo de discussão. Valores são jogados no lixo, o respeito com os pais, com os mais velhos tornou-se coisa ultrapassada, bem como, o amor pela nossa nação.

Pergunto eu: “Como amar algo que não conheço?” Acredito então que deveríamos começar a resgatar esses valores. Fazer com que nossas crianças voltem a conhecer não somente o Hino, mas os outros símbolos que representam nosso País. E esse amor deve ser demonstrado sempre que necessário. Oras vejamos, não é tão emocionante ouvirmos cantar o Hino Nacional antes de uma partida de futebol? Porque seria vergonha cantarmos o mesmo, durante uma sessão cívica numa escola?

Outro ponto polêmico foi que o MEC (Ministério da Educação e Cultura), solicitou que s crianças fossem filmadas durante a execução do Hino. Sei que é ilegal fazer imagens de menores sem a prévia autorização dos pais, mas não sejamos hipócritas, pois só não éramos filmados e fotografados na nossa infância e juventude devido a escassez de recursos tecnológicos para fazê-lo. O recurso mais acessível que se tinha na época era uma máquina fotográfica que para revelar o filme, custava uma pequena fortuna.

Com esse relato, não quero afirmar que cantar o Hino Nacional irá transformar a vida do cidadão que está em formação, pois para que haja a transformação é necessário em primeiro lugar que se aprenda a ter respeito e isso se aprende na família, na convivência com os outros.

No Pirata

A banda Christine 57 de Itajaí apresenta-se pela primeira vez nesta sexta-feira no palco do Pirata.

Levantar âncoras que a embarcação do rock está para partir tendo por roteiro um final de semana daqueles com muito agito, cerveja gelada vinda do convés e muita música. Só para ter ideia, nesta sexta-feira (1º) a banda CHRISTINE 57 de Itajaí, se apresenta pela primeira vez no palco do Pirata, trazendo seu Rock n’Dancing Roll All Night Show, tocando Bill Haley & His Comets ,Elvis, Beatles, Rolling Stones, Chuck Berry, Ritchie Vallens, Jerry Lee Lewis, Beach Boys,Little Richard, Jhonny Rivers, Roberto Carlos, Roy Orbinson e muito mais.

No sábado (02), rola o ROCK BURGER n'BEER FESTIVAL o agito todo inicia a partir das 11h. da matina e não tem hora pra acabar. Imaginem um dia com muito rock’n'roll, cerveja e chopp gelados e dois TOP burguers da cidade, Leon Gourmet e Gold Burguer. O chopp em questão é de responsabilidade da Cervejaria Karsten e o rock'n'roll, com a galera das bandas KRAVAN, CÓDIGO DE BAR e MISTER MOONRISE.

 

Vale lembrar que a censura da casa é de 16 anos, sendo que menores de 16, devem ser acompanhados pelos pais. Obrigatória apresentação de documento com foto.

Maiores informações podem ser obtidas pelo fone: 47 98407 9266.

Rooster Empório

Sebastian faz o som dessa sexta-feira no Rooster

Final de semana chegando e o bar mais galo da cidade, já se preparando para receber seus clientes e amigos, para mais um final de semana daqueles, com drinks e comidinhas especiais.

Além do mais, tem música ao vivo para curtir com a galera. Nesta sexta-feira (1º) o som fica por conta do som de SEBASTIAN. No sábado (02) quem comanda a noite é DANIEL BIFE e SIBELLE ACÚSTICO. Vale lembrar que o Rooster entrega também com o serviço de delivery, as delícias do cardápio em sua casa. Basta ligar para o fone: (47)99907 8799.

O Rooster para quem ainda não sabe, fica coladinho a cabeceira da ponte da Rede Feminina de Combate ao Câncer.

Burguer Day

A galera do Jaraguá Breakers agitando para o próximo dia 16 o Hamburger Day.

A galera esperta do Jaraguá Breakers promove no próximo 16 de março o Burguer Day. O agito todo acontece no Estação Open Bar, na Rua Camilo Andreatta 27, na Barra do Rio Cerro.

Com certeza um evento para toda a família. Além de saborear o melhor hambúrguer, também estará colaborando com o time de futebol americano aqui da city.

Fica o toque.

Mega Revival Notre e Marrakech

Preparem as coreografias, os passinhos que o Mega Revival Notre e Marrakech está chegando.

Os preparativos a mil por hora para um dos agitos que já faz parte da agenda do povo jaraguaense. Estou falando do Mega Revival da Notre e Marrakech, que este ano acontece no dia 06 de abril, no salão nobre do Clube Atlético Baependi.

No comando das pick’ups os DJ’s Marcelo Luís e Macarrão, para agitar e fazer lembrar de um tempo que não volta mais.

As reservas de mesas, bem como maiores informações você pode obter através do whatsapp 996081479.

A realização do evento é por conta da PEOPLE ARTE e é uma promoção da Supernova FM.

Dez Mil

Dez mil comentários, o povo está esperando pelo pub, Acácio!

O amigo Acácio Dalsóchio (leia-se Acácio Tattoo) fez uma postagem no seu Facebook dizendo que se seu post atingisse 10 mil comentários, ele e sua esposa Madri dariam continuidade nos planos de abrir novamente um pub aqui na cidade nos moldes do antigo Sacra.

Só para ver como eles são queridos pelo povo da night, a postagem do Acácio atingiu mais que 10 mil comentários. Acho que está mais que na hora de colocar o plano em ação!

Bailinho

O Bailinho da Rebeska agita a Patuá no próximo dia 9.

A Patuá Music  em parceria com a Double S Promoções agitando para o próximo dia 9 de março um Oque esperar da junção do evento que já agita toda Santa Catarina que é o Bailinho Da Rebeska.

No line up da festa, os DJ´s Anderson Dido, Tai Digital, Diguinho, Gabriel Trindade, Renato RB, Alencar com participações especiais de B2B Ditmar SC e Will Petry.

Reservas e informações através dos fones 47 99217 7358 e 47 99608 0916.

Vamos embora, porque a litorina não espera.
Até semana que vem!