Insatisfeito com a postura de vereadores da sigla, que estariam agindo como oposição, João Carlos Gottardi deve anunciar decisão nos próximos dias e mudar secretariado.

Com perfil de apaziguador, o prefeito de Corupá, João Carlos Gottardi decidiu deixar o PP. Supostas traições dos vereadores da sigla e tentativas de interferência da velha guarda do PP motivaram a decisão, que deve ser oficialmente anunciada nos próximos dias, ou horas.

 

 

Além de deixar o partido, Gottardi planeja demitir alguns secretários, da ala chamada infiel. Procurado pela coluna, o prefeito de Corupá não atendeu as ligações. Mas na Prefeitura, a informação foi confirmada por diversas pessoas.

João Carlos Gottardi se filiou ao PP em 2014 e em 2016 conseguiu levar o partido ao Paço quebrando uma hegemonia do MDB. Antes disso, ele foi filiado por mais de 15 anos ao PT, deixando a sigla insatisfeito com as denúncias de corrupção.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?