A Associação dos Municípios do Vale do Itapocu (Amvali), por meio do consócio Cigamvali, está na expectativa de que ainda em dezembro possam ser iniciadas as obras de recuperação das rodovias estaduais da região.

A manutenção deve acontecer por meio do Projeto Recuperar idealizado pelo governo do Estado e que conta com a parceria das associações de municípios.

Nesta primeira etapa do Projeto Recuperar, estão aptos a firmar convênios com o Governo 11 consórcios, que envolvem 18 associações de municípios. Ou seja, 201 cidades do Estado, com 4,2 mil quilômetros de malha rodoviária, já podem utilizar esse modelo de serviço. O total de investimentos com os 11 consórcios chegará a R$ 7,4 milhões mensais.

Com o Recuperar, o governo planeja dobrar a aplicação de recursos com o serviço. A partir do ano que vem, a previsão é que o projeto receba R$ 120 milhões por ano, o que representa um crescimento de 124% em relação aos R$ 53,5 milhões aplicados em 2018.

Na região da Amvali, o projeto já foi aprovado no Sigef - Sistema de Convênios do Governo do Estado e agora aguarda a liberação do contrato de convênio para assinatura. O valor a ser liberado inicialmente é de R$ 805 mil, sendo que 8% deste recurso será utilizado para contratação de uma empresa de engenharia que fornecerá um laudo da situação da malha viária e fará a fiscalização dos serviços do programa.

Segundo o presidente da Amvali Armindo Sesar Tassi (prefeito de Massaranduba), a ideia é inicialmente o programa atender aos serviços de tapa buraco em aproximadamente 100 km de rodovias estaduais na nossa região, mas com prioridade para a SC-108 e SC-415.

“Precisamos de obras emergenciais na SC-108, onde a situação da estrada está um caos, depois partimos para as demais rodovias. A prioridade é a operação tapa-buracos, já a roçada, drenagem e sinalização, são trabalhos que podem ser executados depois”, comenta Tassi.

A decisão sobre os demais trechos que serão atendidos pelo programa, dentro dos 100 km, será definida pelos prefeitos dos cinco municípios que possuem malha viária estadual, após receberem o laudo da empresa de engenharia sobre as condições destas estradas.

 

Weg faz parceria com a Casan

O governo do Estado, a Casan, a WEG Equipamentos Elétricos e a Agência Reguladora Intermunicipal de Saneamento (Aris) assinaram Termo de Cooperação Técnica para modernizar os sistemas de bombeamento das unidades de água e de esgoto gerenciados pela Companhia de Saneamento de Santa Catarina.

A Casan hoje tem um grande consumo de energia elétrica, de cerca de R$ 100 milhões por ano, e essa conta pode ser reduzida e segundo o governador do Estado Carlos Moisés é preciso investir mais em saneamento e, para isso é preciso fazer mais com o dinheiro que a empresa arrecada. “Com esse termo de cooperação, vamos avaliar a eficiência de cada bomba utilizada pela Casan. Também poderemos instalar sistemas mais modernos que nos avisem quando um equipamento parar de funcionar, evitando poluição, falhas no abastecimento e garantindo economia", explicou Moisés. O Termo de Cooperação possibilitará o levantamento de dados e um diagnóstico das condições operacionais dos modelos de recalque e bombeamento da empresa. O diretor de Vendas da WEG Fernando Garcia, ressalta a importância desse diagnóstico, que pode trazer uma redução significativa de custos.

“Empresas de saneamento utilizam em torno de 95% de sua energia elétrica em motores elétricos para bombear a água, então o potencial de economia pode chegar a 40%, e em alguns casos até mais”, reforçou.

O Termo de Cooperação contemplará, inicialmente, medições e análises nas unidades de bombeamento dos 143 municípios cujos sistemas são regulados pela Agência Reguladora Intermunicipal de Saneamento (Aris), que acompanhará a execução das obrigações.

 

Prefeito de Corupá será o novo presidente da Amvali

O prefeito de Corupá João Carlos Gottardi (PSD) vai presidir a Associação dos Municípios do Vale do Itapocu (Amvali) em 2020.

O anúncio foi feito esta semana, durante encontro dos prefeitos que integram a associação. O encontro que também reuniu os colaboradores da Amvali e do Cigamvali, foi conduzido pela diretora-executiva Juliana Demarchi, que apresentou todos os dados de financeiro, projetos, equipe e as principais ações realizadas durante o ano de 2019.

Na foto, os prefeitos de Guaramirim Luis Carlos Chiodini, de Corupá João Carlos Gottardi, de Massaranduba Armindo Sesar Tassi, a diretora-executiva Juliana Demarchi, o prefeito de Jaraguá do Sul Antídio Lunelli e prefeito de Schroeder Osvaldo Jurck.

Foto: Divulgação

CURTAS

Homenagem

A Câmara de Vereadores de Schroeder realizou no começo deste semana solenidade de outorga do título de Cidadão Honorário e Benemérito Schroedense, para 14 pessoas que contribuíram de maneira relevante para o desenvolvimento do Município.

Os homenageados foram: Adriano Kath, Dulcinéia Mara Fischer, Ercelino Costa Sobrinho, Felipe Voigt, Ildemar Zelfeld, Leonor Jacobi, Luis Aparício Ribas (in memoriam), Marcos Zils, Moacir Zamboni, Nelson João Zoz, Nilson Kinelt, Valdevino Anjos dos Santos, Valmor Heins Stricker e Valmor Pianezzer.

Dia do Reciclador

Na sessão de terça-feira da Câmara jaraguaense também aconteceu ao Dia Nacional do Reciclador e da Reciclagem proposta pelo vereador Celestino Klinkoski (PP). Foram entregues placas para Claudinei Ventura Ananias, Aline Radtke e Rosângela de Oliveira, que representaram as 12 cooperativas de reciclagem e as 115 famílias que trabalham no setor no município.

O parlamentar, que também é gestor ambiental na Fujama, tratou a homenagem como uma forma de conscientizar a população sobre a importância de separar o lixo e dar o destino correto a cada tipo de resíduo.

Alimentação

Para garantir a qualidade do alimentos que chegam às crianças e conhecer os locais de plantio, integrantes do Conselho de Alimentação Escolar de Guaramirim, da Epagri e da Secretaria de Educação visitaram propriedades rurais do município.

Segundo a secretária Marja Rebelato, a visita foi feita em três propriedades da agricultura familiar: nos bairros Guamiranga, Ponta Comprida e Putanga as quais os agricultores fornecem gêneros alimentícios, semanal ou mensalmente, para as escolas e creches do município.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger