O suspeito de ter assassinado Brenda Rocha Carvalho, de 14 anos, com 60 facadas participou do velório e sepultamento da adolescente, conforme informações da Polícia Civil.

 

 

Ele era conhecido da família e teria ajudado nas buscas iniciais da vítima e a pagar despesas do funeral, ocorrido no domingo (15). O homem de 30 anos foi preso na última terça-feira (17) em Torres, no Rio Grande do Sul.

A polícia conseguiu identificá-lo a partir das imagens de câmeras de segurança e do levantamento feito em Maracajá-SC, cidade em que a adolescente vivia. Os investigadores conseguiram identificar o suspeito, o veículo que ele usava e o caminho que percorreu.

O homem teria alegado que o crime foi cometido como vingança por ciúmes da mãe da menina - um laudo divulgado na quarta-feira (18) revela que Brenda foi assassinada com 60 facadas. O suspeito teve a prisão temporária de 30 dias decretada.

O caso

Na sexta-feira (13), Brenda havia saído de casa para fazer as unhas e desapareceu perto de um ginásio de esportes na cidade de Maracajá. O corpo dela foi encontrado no último sábado (14) em Passo de Torres.

 

Receba no seu WhatsApp somente notícias sobre Segurança Pública da região (Trânsito, Operações Policiais. etc...):

Telegram

Facebook Messenger