Dois homens foram condenados por um furto cometido em um cartório de Jaraguá do Sul.

A sentença foi proferida na tarde desta quarta-feira (17) pelo juiz da 1ª Vara Criminal da Comarca de Jaraguá do Sul, Crystian Krautchychyn.

Os dois foram considerados culpados pelo crime de furto qualificado.

Thiago Henrique Gomes foi condenado a dois anos e 11 meses de prisão.

Eduardo Rocha foi sentenciado a dois anos e 11 meses de reclusão.

Eles também foram condenados a pagar R$ 4,5 mil pelos danos causados ao estabelecimento.

O crime aconteceu no dia 21 de setembro do ano passado.

De acordo com a Polícia Militar, o cartório localizado na rua Coronel Procópio Gomes de Oliveira, no Centro, foi arrombado.

Na época, os bandidos levaram cerca de R$ 3 mil e um talão de cheques.

Um funcionário percebeu o arrombamento quando chegou para trabalhar.

Uma porta foi arrombada e as gavetas foram reviradas pelos ladrões.

A Polícia Civil e o IGP (Instituto Geral de Perícias) foram chamados para iniciar uma investigação.

Com a apuração feita no inquérito policial, Thiago foi identificado e preso um mês após cometer o crime.

Eduardo foi preso com o cumprimento de um mandado de prisão preventiva no dia 20 de novembro do ano passado.

Ambos foram detidos pelos policiais civis em Joinville.

Além de devolver o valor subtraído do tabelionato, os dois réus terão que pagar uma indenização pelo conserto dos portões arrombados durante o furto, que ficou em cerca de R$ 1,5 mil.

Thiago e Eduardo vão cumprir a pena inicialmente em regime semiaberto.