Por 10 votos a 1, o Supremo Tribunal Federal (STF) suspendeu a transferência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para o presídio em Tremembé.

 

Com a decisão, Lula continua preso em Curitiba, onde está atualmente, até que a Corte julgue o pedido que questiona a atuação de Sérgio Moro no caso do ex-presidente.

 

Relator da Lava Jato no STF, o ministro Edson Fachin votou para suspender a decisão da Justiça Federal de Curitiba de transferir Lula para São Paulo até o julgamento de habeas corpus.

 

Voto do relator foi seguido pela maioria dos ministros.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger