O novo presidente da OAB Jaraguá do Sul, Gustavo Pacher, foi eleito em novembro de 2018 e inicia agora o trabalho à frente da instituição com muitas mudanças planejadas para os próximos três anos.

Eleito por uma diferença de 162 votos, o advogado de 37 anos esteve à frente da chapa 102 “Nova Ordem” e foi o escolhido para responder pela microrregião do Vale do Itapocu.

Atuando no direito empresarial, com ênfase no direito tributário, Pacher afirma que a primeira tarefa da nova gestão tem sido a reestruturação da administração da OAB, instalando as comissões, para a partir delas poder implantar as ações que vão ser levadas adiante.

Segundo o novo presidente, a ação mais inovadora e de grande destaque para esse inicio de gestão é a realização de um evento voltado para a área jurídica da microrregião que acontecerá nos dias 22 e 24 de fevereiro.

“Será um evento voltado para todos os setores da advocacia da região onde serão discutidas alternativas tecnológicas para melhorar a qualidade do serviço oferecido para a sociedade”, destaca.

Entre as principais pautas que serão discutidas pela nova diretoria nos próximos meses estão a reestruturação interna da OAB para melhorar a comunicação entre os profissionais da área; uma possível mudança da sede da instituição; uma maior fiscalização da profissão, para que desvios de conduta sejam punidos da forma necessária e rápida e um estímulo maior para o jovem advogado em seu inicio de carreira.

Para Gustavo, conseguir aproximar a OAB de diversas instituições é essencial. “Espero que nos próximos três anos nós possamos entregar mais serviços a sociedade e também integrar mais os advogados, é para isso que vamos trabalhar”, afirma o advogado.

A antiga presidente da subseção da OAB de Jaraguá do Sul, Luciane Mortari, deixa o cargo com sentimento de dever cumprido.

“A nossa diretoria não mediu esforços para atender todas as demandas da advocacia, principalmente sobre a defesa de prerrogativas, fiscalização e inclusão de todos os advogados que desejam servir a classe através das comissões”, destaca a advogada.

Para Luciane, a advocacia está em constante movimento e reafirma a importância da nova gestão continuar dando ênfase para a inovação na área digital, além da necessidade de ampliar a rede de apoio aos jovens advogados e cobrar a participação das mulheres em cargos de destaques dentro da OAB.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?