Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

As obras de duplicação do trecho urbano da BR-280, entre Guaramirim e Jaraguá do Sul, podem ser finalmente retomadas ainda esta semana.

A informação é do diretor de Obras da Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade do Estado Adalberto de Souza que consultado nesta segunda-feira (28) pelo OCP disse que o reinício das obras é garantido, dependendo apenas das empresas licitadas marcarem o dia para que isto aconteça podendo ser ainda esta semana.

Está marcada para esta terça-feira (29) a assinatura do contrato de retomada do projeto e a ordem de serviço da obra da duplicação do trecho urbano pelas empresas Infrasul e Azimute, ambas de Joinville, e que venceram a licitação em 2017. As obras devem ser retomadas com a duplicação da pista a partir do km 55 da BR-280 em Guaramirim para depois seguirem para a obra do elevado.

O anúncio do reinício das obras no trecho, foi feito em agosto pelo governador Carlos Moisés (PSL) quando ele esteve em Guaramirim e Jaraguá do Sul em agosto. Na época Moisés garantiu R$ 103 milhões para a retomada as obras de duplicação e melhoria do trecho urbano e que deveriam ser retomadas o mais breve possível.

De acordo com a Secretaria de Infraestrutura esta retomada dependeu do levantamento de desapropriações, liberação de licenças ambientais, assim como da finalização da transferência financeira, etapa necessária para poder fazer o empenho dos trabalhos para as empresas licitadas.

Neste tempo correu boato de que o projeto de que o elevado no trevo da BR-280, poderia ser substituído por uma grande rótula. Fato que não foi confirmado pelo engenheiro e diretor de obras do Estado Adalberto. “O projeto continua igual, sem alterações”, comenta. A possibilidade de alteração, ocorrerá caso as empresas responsáveis pela obra encontrem variáveis que devido ao tempo do projeto justifiquem uma mudança na obra, mas que não pode ser prevista ainda neste momento.

Obra parada desde 2018

As obras no trecho estadualizado da BR-280 - no entroncamento da rodovia com a SC-108, que dá acesso a Massaranduba e Blumenau -, começaram em maio de 2017.

O contrato previa a primeira parte das obras projetadas, que incluíam a construção de pistas marginais e do elevado, entre outras melhorias, orçada em R$ 41,2 milhões. O prazo previsto para a conclusão dos trabalhos era de 15 meses – um ano e três meses.

Mas em março de 2018, o então governador Eduardo Pinho Moreira (MDB) – que assumiu o cargo após a saída de Raimundo Colombo (PSD) -, confirmou a paralisação das obras, por falta de recursos.

Desde então, a obra permaneceu parada. Segundo dados da Secretaria de Infraestrutura, no período em que estava em atividade, foram executados serviços de terraplanagem em todo o trecho. Foram gastos R$ 5 milhões em 9,49 quilômetros de extensão, até o momento.

Do valor de R$ 103 milhões de recursos próprios para a retomada das obras anunciados pelo governador Moisés, neste ano, serão utilizadas para contemplar a duplicação de mais de nove quilômetros da rodovia, a revitalização da estrada e ainda o elevado em Guaramirim no entroncamento com a SC-108 (acesso a Massaranduba).

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger