Pela primeira vez desde que se elegeu, o governador de Santa Catarina Carlos Moisés da Silva (PSL) esteve na região de Jaraguá do Sul e Guaramirim nesta segunda-feira (12) para uma série de anúncios muito esperados pela população.

A recuperação da SC-108 e a retomada das obras de duplicação do trecho estadualizado da BR-280 – entre Jaraguá do Sul e Guaramirim – estão entre os principais investimentos anunciados pelo governador. Ao todo, são mais de R$ 114 milhões em investimentos.

Segundo levantamento do governo do Estado, é o maior pacote de obras anunciado pelo Executivo estadual de uma única vez para Jaraguá do Sul e região.

Além das obras de infraestrutura, o governo irá investir R$ 5,5 milhões na compra de um radar meteorológico, R$ 3,8 milhões de repasse para o Hospital São José – para custeio e manutenção da entidade -, e outros R$ 800 mil, por emenda parlamentar do deputado estadual Vicente Caropreso (PSDB) para a construção de um clube de tiro olímpico.

Ordem para recuperação da SC-108 é assinada

É o fim da novela. Cerca de seis meses depois do deslizamento de terra no bairro Vila Freitas, em Guaramirim, às margens da SC-108, a ordem de serviço para o início das obras de recuperação foi finalmente assinada.

O governador de Santa Catarina Carlos Moisés da Silva, chegou de helicóptero em Guaramirim por volta das 15h, no campo do Seleto, sendo recebido pelo prefeito Luís Chiodini (PP) e comitiva. De carro, seguiu até o trecho danificado da SC-108, no quilômetro 34.

Foto Eduardo Montecino/OCP News

Junto ao prefeito e também à equipe da Defesa Civil estadual, comandada pelo Coronel João Batista Cordeiro Júnior, o governador ouviu atentamente ao relato de Chiodini, de integrantes da Defesa Civil municipal e também de moradores sobre o deslizamento, ocorrido em 18 de fevereiro.

Moisés salientou que a obra – que contará com um recurso de R$ 2,1 milhões, do governo federal – é complexa e destacou que pela característica do local era preciso um projeto que pudesse não apenas recuperar o trecho, mas principalmente prevenir novos deslizamentos.

Com a assinatura da ordem de serviço, a empresa contratada já poderá começar os trabalhos. Segundo o secretário da Defesa Civil do Estado, a previsão é que as obras comecem já nesta terça-feira (13). O prazo para conclusão dos trabalhos é de 90 dias.

"Fico feliz com as obras em andamento e as que vão acontecer, porque principalmente a SC-108 é muito importante para a economia da região", Armindo Sésar Tassi (MDB), prefeito de Massaranduba.

Duplicação da BR-280

Depois da visita à SC-108, o governador Carlos Moisés da Silva seguiu até a empresa WEG, no bairro Vila Lalau, onde participou de reunião com lideranças e empresariado e também pode conhecer o parque fabril da multinacional jaraguaense.

Em seguida, o comboio seguiu para o Centro Empresarial de Jaraguá do Sul (Cejas), em um evento conjunto da Associação Empresarial do município (Acijs) e da Associação dos Municípios do Vale do Itapocu (Amvali).

Foto Eduardo Montecino/OCP News

Na presença de diversas autoridades políticas, do setor empresarial da região e também da comunidade, Moisés anunciou a retomada das obras de duplicação e revitalização do trecho estadualizado da BR-280.

O investimento previsto é de R$ 100 milhões, mais R$ 3 milhões para a supervisão, fonte de recursos próprios do caixa do governo estadual.

"Há um direcionamento nosso para investir justamente nas obras que vão ter impacto maior para o desenvolvimento dos municípios, como é o caso da BR-280", afirmou Moisés.

O reinício dos trabalhos é parte do Programa Novos Rumos, um pacote de intervenções do Governo do Estado para melhorar a infraestrutura rodoviária em Santa Catarina.

"Nossa equipe já deve chamar amanhã (terça-feira) as empresas executora e supervisora para definir um plano de ataque, isto é, por onde a obra será retomada", explica o secretário de Estado da Infraestrutura Carlos Hassler.

Segundo o governador, os recursos irão contemplar a duplicação de mais de 9 quilômetros da rodovia, a revitalização da estrada e ainda o elevado em Guaramirim no entroncamento com a SC-108 (acesso a Massaranduba).

Radar meteorológico

A Defesa Civil também anunciou a abertura de licitação para a aquisição de um radar para melhorar a leitura meteorológica de todo o Norte Catarinense. O investimento previsto para a compra é de até R$ 5,5 milhões.

De acordo com o chefe da Defesa Civil do Estado João Batista Cordeiro Júnior o equipamento fará registros em um raio de até 100 quilômetros.

Ele salienta que o radar irá proteger toda a região do Litoral Norte de Santa Catarina, abrangendo uma população com 1,4 milhão de habitantes.

“Já tínhamos uma cobertura nessa região, mas devido à serra de Curitiba, o microclima não era bem atendido. Com o novo radar, o serviço será aprimorado", ele explica.

Hospital São José receberá R$ 3,8 milhões

Encerrando a agenda de visitas da segunda-feira, Moisés e comitiva seguiram até o Hospital São José. Depois de uma visita às instalações, o governador acompanhou uma apresentação do presidente do Conselho Deliberativo da entidade Paulo César Chiodini.

Foto Eduardo Montecino/OCP News

O presidente destacou os números e conquistas do Hospital, que atestam a qualidade do serviço prestado e da estrutura física da entidade.

São 222 leitos de internação e 20 leitos de UTI atualmente em operação, com planos de aumentar a capacidade para 276 leitos de internação e 30 para UTI, além de 11 salas de cirurgias e uma equipe de mais 900 profissionais, entre médicos e demais colaboradores.

A respeito do repasse do governo estadual ao hospital, que atende mais de 80% pelo Sistema Único de Saúde (SUS), o governador Carlos Moisés da Silva anunciou que o governo vem colocando em prática a gestão técnica na distribuição dos recursos às entidades.

Segundo explicou, a Administração definiu critérios de produtividade e resultado dos hospitais catarinenses como base para a repartição dos recursos públicos, buscando reequilibrar o serviço que é prestado à população com a verba necessária para atender a essas demandas.

“O governo foge do critério político para buscar o critério técnico”, declarou Moisés. Com esse novo modelo, apontou o governador, o Hospital São José receberá três vezes mais do governo do Estado para o custeio da entidade.

Além disso, antes de encerrar a visita e a agenda do dia, Moisés também assinou o convênio com o Hospital São José, repassando R$ 3,8 milhões para custeio da entidade.

Pacote de investimentos soma mais de R$ 114 milhões

  • Duplicação do trecho estadual da BR-280 - R$ 103 milhões
  • Recuperação do trecho danificado da SC-108 - R$ 2,1 milhões
  • Compra de radar meteorológico - R$ 5,5 milhões
  • Convênio para custeio e manutenção do Hospital São José – R$ 3,8 milhões
  • Liberação de emenda para clube de tiro olímpico – R$ 800 mil

 

Veja mais:

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram

Facebook Messenger