O deputado estadual Milton Hobus (PSD) fez nesta quarta-feira (20) denúncia contra o atual secretário da Saúde André Motta Ribeiro, e protocolou requerimento solicitando o afastamento dele. Segundo o parlamentar, o chefe da pasta, que era secretário-adjunto até o início do mês, sabia das irregularidades na compra dos respiradores.

Hobus mostrou documento enviado à Secretaria de Saúde, em 2 de abril, da Exxomed, representante da fabricante chinesa que produz os respiradores comprados pelo Estado por meio da Veigamed. A empresa destaca a Veigamed não tem autorização para venda ou comercialização e que os preços pagos por Santa Catarina estão mais altos.

“Esse documento é muito grave porque o atual secretário André Mota, recebeu, foi avisado que a empresa não iria fornecer os ventiladores e, mesmo assim, o pagamento foi feito neste mesmo dia, 2 de abril. Depois de ter feito o pagamento, nenhuma medida foi tomada pelo governo, seja pelo atual ou o ex-secretário (Helton Zeferino) ou o governador (Carlos Moisés). Ou seja, tudo ficou paz e amor, ninguém fez nada”, critica Hobus.

As informações apresentadas pelo deputado constam no processo na Justiça sobre o caso. O requerimento foi aprovado na Comissão Especial da Assembleia Legislativa que apura a compra de respiradores feita pelo Estado.

O que fiz a Secretária de Estado da Saúde

Por meio de nota à imprensa, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) esclareceu no fim da tarde desta quarta-feira (20) que "em momento algum o atual secretário titular da pasta, André Motta Ribeiro, participou de tramitações referentes ao processo número SES 37070/2020. Em todas as movimentações processuais não há qualquer tramitação interpessoal referente ou promovida pelo então Secretário-Adjunto da SES."

Confira a resposta completa:

Atual secretário da Saúde de SC diz que não teve envolvimento no caso dos respiradores

 

Saiba mais:

 

Cópia do documento apresentado na Alesc:

 

 

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Mais notícias você encontra na área especial sobre o tema:

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul