Equipes de vistoriadores do Samae estão concentrados no bairro Vila Nova, em Jaraguá do Sul, e irão visitar todos os estabelecimentos residenciais e comerciais. O mesmo procedimento será adotado nos demais bairros do município.

A intenção é identificar ligações de esgoto doméstico ou de água da chuva que não estejam ligadas adequadamente (nas redes públicas de esgoto e de água pluvial). Caso algum local esteja em desacordo com as normas técnicas, será dado um prazo para as adequações. Os vistoriadores estão devidamente identificados com uniforme e crachá do Samae.

Essas vistorias já ocorrem rotineiramente, mas foram intensificadas devido a campanha “Esgoto e Água da Chuva: Cada um na sua rede”.

O servidor Vitor Hugo Burgardt lidera uma das equipes, e conta que na maioria dos estabelecimentos os técnicos são bem recebidos. Ele explica que através de corantes despejados nas pias e vasos sanitários, é possível identificar eventuais irregularidades.

“Em caso de ligação inadequada o morador é orientado a fazer as correções. Felizmente a comunidade está entendendo que todos precisam colaborar para a melhoria da qualidade de vida coletiva”, disse.

Foto: Divulgação/Samae.

O morador Sérgio Ribeiro da Silva Junior recebeu os vistoriadores na Rua Ângelo Torinelli. Na casa dele e de seus avós estava tudo ligado corretamente.

“É importante cada um fazer a sua parte”, comentou.

O diretor presidente do Samae, Ademir Izidoro, explica que o objetivo é diminuir ao máximo as ligações irregulares. Pois quando há excesso de água da chuva na rede coletora de esgoto, encarece o tratamento e gera prejuízos aos moradores e ao meio ambiente. E quando o esgoto doméstico vai parar na rede pluvial, além do mau cheiro que sai na boca de lobo, o esgoto causa o extravasamento da rede e vai parar nos rios e córregos sem tratamento.

“Nossa intenção não é multar, e, sim, corrigir esses problemas”, afirmou.

A multa prevista em Lei no caso de ligações irregulares é de 10 Unidade Padrão Municipal (UPM), que equivale a quase R$ 2 mil em valores atuais.

Recentemente, o Samae lançou uma campanha de conscientização com o objetivo de orientar proprietários de imóveis a fazerem corretamente as ligações de água da chuva e do esgoto sanitário.

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp