À frente da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Lazer, Natália Petry não hesita em dizer que Jaraguá do Sul é um modelo para municípios catarinenses e até mesmo do país quando o assunto é desenvolvimento esportivo e cultural.

Com um orçamento de pouco mais de R$ 9 milhões para investimento em ações efetivas nas áreas de cultura e esporte – cerca de R$ 6,2 milhões em cultura e R$ 2,9 milhões em esporte – a secretária afirma com convicção que o município tem avançado significativamente na implantação de ações e programas.

“Eu constato uma evolução significativa tanto na área cultural quanto na esportiva em inovação de programas e incremento dos já existentes.

 

A minha avaliação é de que o município está em um bom patamar, servindo de exemplo com relação ao modelo adotado para desenvolvimento esportivo e cultural.

 

O governo promove a inclusão das crianças, pensando no incentivo aos talentos, criando programas específicos para isso e criando programas de incentivo aos profissionais para que tenham capacidade técnica para desenvolver os trabalhos de excelência”, analisa.

A junção das antigas fundações em uma única secretaria aconteceu em 2017 e, para Natália, de lá para cá o desafio foi organizar os trabalhos com a diminuição de servidores e ajustes orçamentários que, segundo ela, se fizeram necessários devido à situação econômica do município.

Ao todo, são 13 equipamentos gerenciados pela pasta e uma das missões é a preservação de todos eles.

 

 

“Temos a preocupação de manter esses espaços, conservando e preservando cada um deles”, salienta.

Além disso, obras importantes e de grande porte estão sendo projetadas, ressalta a secretária que destaca algumas, assim como ações de fomento e desenvolvimento das áreas esportiva e cultural.

Veja as ações programadas

Arena Jaraguá

Revitalização interna e externa ainda não foi concluída. Até o momento já foram investidos mais de R$ 1,9 milhão, sendo quase R$ 96 mil só neste ano.

Resta ainda a terceira etapa que compreende drenagem – valor estimado de R$ 700 mil, conclusão asfáltica – valor estimado de R$ 730 mil, reforma interna com instalação de corrimões, portas e sanitários e estacionamento, ainda sem valores estimados.

Além disso, será construído um campo de futebol de areia e academia ao ar livre em terreno ao lado da Arena Jaraguá.

“Essa é uma das grandes ações, das grandes metas nossas, que é concluir e entregar para a comunidade até o fim da gestão toda a Arena revitalizada tanto interna quanto externa”, salienta Natália.

Pista de atletismo

Projeto de pavimentação da pista de atletismo e instalação de academia ao ar livre. Investimento de mais de R$ 200 mil oriundos de um saldo do recurso de investimentos já realizados no local.

Restauro Museu Emílio da Silva

Edital já publicado para restauro do telhado, instalações elétricas e pinturas interna e externa. A obra será licitada em torno de R$ 430 mil.

Foto Divulgação Prefeitura

Edital Bolsa Cultural

Programa irá selecionar nove profissionais que atuarão nas escolas da rede, o edital ficará aberto até o dia 29 de abril.

Em 2018, os selecionados atuaram em 15 entidades atendendo em média mil alunos.

Para este ano, a estimativa é de que atendam até 1,5 mil alunos nas modalidades: dança, música e teatro. Investimento de até R$ 440 mil.

Edital Incentivando Talentos

Concede bolsas com o objetivo de fomentar a produção e capacitação cultural em áreas diversas. Serão disponibilizadas 220 bolsas em um investimento total de R$ 300 mil.

Edital Projetos Culturais

Modalidade de premiação para projetos culturais que contribuam para a difusão e fomento artístico cultural.

O investimento será de R$ 615 mil e foram selecionados 18 projetos entre os 56 inscritos.

As áreas de apoio são: artesanato, artes visuais, audiovisual, dança, literatura, patrimônio histórico cultural material e imaterial, patrimônio histórico edificado, teatro e circo.

Calendário com 100 eventos no ano

O calendário contempla todas as ações tradicionais tanto esportivas quanto culturais do município.

A secretária ressalta que na área cultural, ano passado o incremento foi do Fescine, além de manter todas as tradicionais.

Além do Fescine, que será mantido neste ano, o Festival de Corais também teve a primeira edição em 2018 e está confirmado no calendário 2019.

Áreas de lazer/parques públicos

O governo tem outro projeto para as áreas de lazer, focado na criação de parques públicos, a exemplo do espaço que está sendo construído na Arena Jaraguá.

Natália destaca o Parque Via Verde, que está em fase de finalização do projeto executivo e no qual projeta que sejam investidos cerca de R$ 650 mil com entrega estimada para março de 2020.

Foto Arquivo OCP News

Além do Via Verde, o Parque do Centro Tecnológico é um modelo que deve ser replicado no município, está em fase de finalização do projeto executivo.

“Fizemos o Arthur Müller que é uma opção, está sempre cheio, agora o parque da Arena, vamos fazer o Via Verde, o parque do Centro Tecnológico também é uma proposta bem interessante com muitos equipamentos esportivos e culturais”, diz.

Atualmente, Jaraguá do Sul possui 82 pequenas áreas de lazer que, de acordo com a secretária, custam entre R$ 3 mil e R$ 5 mil cada uma em manutenção anualmente.

Praça Ângelo Piazera

Projeto de revitalização total está em fase de finalização e ainda não possui estimativa de investimento.

Segundo a secretária, a praça será completamente remodelada “dentro de uma nova concepção de área de lazer”, com reestruturação, instalação de espaços de lazer e revitalização.

Bolsas desportivas

Técnico: investimento de pouco mais de R$ 1,2 milhão na contratação de 26 profissionais para 11 modalidades distintas. Atendimento de aproximadamente 6 mil crianças nas escolinhas e 3 mil atletas nas equipes.

Atleta: investimento de R$ 500 mil para 202 vagas.

O edital para participação na seleção de ambos foi publicado nesta quinta-feira (11).

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?