Em decisão na tarde desta terça-feira (21), o Tribunal de Justiça de Santa Catarina determinou o imediato desbloqueio do Centro de Valorização de Resíduos (CRV), no Itacorubi, por parte do Sindicato dos Trabalhadores no Serviço Público de Florianópolis (Sintrasem).

O local é utilizado para fazer o transbordo dos resíduos coletados na cidade. Caminhões que fazem a coleta descarregam no local para que carretas maiores possam levar o material até o aterro sanitário. Atualmente, o sindicato está impedindo a passagem de caminhões da empresa privada que recolhe o lixo no Norte da Ilha e Continente, impedindo que eles retornem para buscar mais resíduos.

 

 

Na decisão, o juiz Sérgio Roberto Baasch Luz lembrou que já havia outra decisão judicial impedindo o sindicato de realizar qualquer bloqueio no local e que, portanto, os grevistas estão descumprindo determinação da justiça.

A Comcap deliberou greve na manhã desta terça-feira por não concordar com a terceirização do serviço de coleta. Com essa, já são 5 greves em dois anos, 21 dias de paralisações na cidade.