Pesquisadores do país e do mundo estão em busca de soluções para combater o novo coronavírus. Aqui, em Santa Catarina, a empresa NanoScoping testará nos próximos dias três produtos desenvolvidos a partir da nanotecnologia: dois desinfetantes para limpeza de ambientes e um antisséptico para as mãos. Um deles foi elaborado em parceria com a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) durante uma pesquisa de doutorado.

Até agora, já foram confirmados resultados positivos contra diversos agentes patogênicos, como Pseudomonas aeruginosa (causador de pneumonia), Staphylococcus aureus (causador de infecções como meningite) e Salmonella typhimurium (responsável por gastrenterites, que podem ser graves).

“Nosso esforço agora é para realizar o teste contra o coronavírus”, destaca uma das fundadoras da empresa, Beatriz Veleirinho. Segundo ela, uma das grandes vantagens desses desinfetantes em comparação aos outros é a ação prolongada nas superfícies, que pode chegar a 72 horas de proteção, ampliando a prevenção.

 

 

As amostras já foram encaminhadas para as análises e os resultados podem ser divulgados nos próximos dias. Se a ação for confirmada, Beatriz antecipou a disponibilidade de doar os produtos para unidades de saúde e hospitais higienizarem seus ambientes.

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Telegram Jaraguá do Sul