Neste sábado (18), o Governo de Santa Catarina divulgou que a taxa média de contágio de coronavírus por pacientes infectados no estado caiu quase 50% no último mês. De acordo com o balanço apresentado, a redução foi observada a partir do dia 19 de março, ou seja, logo após a adoção das medidas de isolamento social.

Antes disso, segundo demonstrou o secretário de Estado da Saúde, Helton Zeferino, cada pessoa contaminada podia transmitir o vírus para outros três indivíduos. Após a edição dos decretos estaduais que restringiram a circulação de pessoas, a taxa chegou a cair para 1,56 pessoa atingida por cada infectado.

Desde o dia 13 de abril, data em que houve a liberação de mais algumas atividades econômicas, como a reabertura do comércio de rua, o índice subiu para 1,73. Os dados foram obtidos com base em um modelo fornecido pela Imperial College, de Londres, na Inglaterra.

Ocupação de leitos

Até a manhã deste sábado, 98 pacientes estavam internados em leitos de unidade de terapia intensiva (UTI) em Santa Catarina, entre casos confirmados da Covid-19 (51) e suspeitos (47). Destes, 62 estão em leitos do Sistema Único de Saúde (SUS) e 36 na rede privada.

 

 

O estado tem 381 leitos de UTI reservados para pessoas com coronavírus na rede pública, dos quais 16,3% estão ocupados. Desde o início da pandemia, 140 pacientes já tiveram alta da UTI para leitos de enfermaria.

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Telegram Jaraguá do Sul