Neste sábado (11), o prefeito de Blumenau, Mário Hildebrandt (Podemos), confirmou que cumprirá o novo decreto do Governo do Estado e autorizará a reabertura do comércio de rua na cidade a partir de segunda-feira (13). Estabelecimentos como hotéis e pousadas também poderão voltar a funcionar. Os restaurantes, que já estavam liberados para a oferta de delivery, poderão vender alimentos no balcão, sem permanência no local.

Por outro lado, o transporte coletivo urbano permanecerá suspenso até 30 de abril, conforme determinação do governador Carlos Moisés (PSL). Shoppings, centros comerciais, bares, parques, cinemas, casas noturnas, academias e igrejas devem continuar fechados.

Apesar de algumas flexibilizações, a recomendação é para que as pessoas, sobretudo os idosos, se mantenham em casa e saiam às ruas apenas em situações necessárias. Quem transitar pelo comércio e espaços públicos, deve utilizar máscara de tecido para cobrir o nariz e a boca.

 

 

As medidas restritivas têm como objetivo conter o avanço do coronavírus e evitar um colapso dos sistemas público e privado de saúde.

O que pode abrir a partir de segunda-feira (13)

  • Comércio de rua;
  • Hotéis e pousadas;
  • Restaurantes (apenas delivery e venda de alimentos no balcão).

O que deve ficar suspenso/fechado até 30 de abril

  • Transporte coletivo municipal, intermunicipal, interestadual e internacional;
  • Shoppings;
  • Centros comerciais;
  • Galerias;
  • Bares.

O que deve ficar suspenso/fechado até 31 de maio

  • Eventos públicos e privados com reuniões de pessoas;
  • Missas e cultos religiosos;
  • Aulas presenciais em todos os níveis e redes de ensino;
  • Parques e praças;
  • Academias;
  • Casas noturnas;
  • Cinemas;
  • Teatros.

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Telegram Jaraguá do Sul