Foto Pexels/Arquivo
Foto Pexels/Arquivo

Na última semana, mais dois casos de febre amarela foram confirmados em Blumenau. Os pacientes são dois homens, moradores dos bairros Itoupava Central e Passo Manso, de 31 e 37 anos. Ambos não tinham registro da vacina que protege contra a doença.

Com isso, agora são três casos confirmados de febre amarela neste ano na cidade. O primeiro deles ocorreu no mês de fevereiro, envolvendo um morador da Itoupava Central que também não recebeu a vacina. Em 2020, Blumenau notificou 22 casos suspeitos da doença, dos quais 17 foram descartados e dois ainda aguardam resultado.

Desde o início do ano, 25 macacos morreram por conta da doença no município. Os primatas não transmitem a febre amarela, eles são vítimas, assim como os humanos. A febre amarela é transmitida apenas pela picada do mosquito infectado.

A vacina é a forma mais eficaz de evitá-la. Por estar em uma área de transmissão ativa, Blumenau vem realizando a imunização nas unidades de saúde. Contudo, para evitar aglomerações e reduzir a chance de propagação do coronavírus, a Prefeitura tem orientado as pessoas que necessitam tomar a vacina contra a febre amarela a aguardarem o encerramento da primeira fase da campanha de vacinação contra a gripe, em 15 de abril.

Quem pode ser vacinado?

Podem ser vacinadas as pessoas com idade entre 9 meses e 59 anos. Cidadãos com mais de 60 anos e doenças autoimunes devem ter autorização médica. Para gestantes, a imunização é contraindicada.

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Quer mais notícias do Coronavírus COVID-19 no seu celular?

Telegram Jaraguá do Sul