As Polícias Rodoviária Federal e Militar Rodoviária estão constantemente monitorando os bloqueios dos caminhões da carga nas estradas catarinenses. Na manhã deste sábado (26), as manifestações aumentaram e alcançaram 129 pontos das rodovias. As restrições são limitadas apenas aos veículos de carga e os automóveis tem passagem livre.

AO VIVO: acompanhe a paralisação dos caminhoneiros em SC

As regiões que registraram o maior número de bloqueios foram a Oeste, com 48 pontos, e a Norte, com 25 pontos. A região com menor número de manifestações é a Grande Florianópolis. Confira o levantamento detalhado:

Confira os pontos das paralisações:

Região Sul

  • Imbituba (km 281 da BR-101): Obstrução de veículos de carga.
  • Imbituba (km 289 da BR-101): Obstrução de veículos de carga.
  • Tubarão (km 342 da BR-101): Veículos de carga convidados a parar;
  • Jaguaruna (km 354 da BR-101: Tratores estão obstruindo pista da direita de ambos os sentidos. veículos de carga são convidados a parar;
  • Araranguá (km 421 da BR-101): Veículos de carga são convidados a parar;
  • Araranguá (km 425 da BR-101): Obstrução de veículos de carga.
  • Maracajá (km 402 da BR-101): Veículos de carga são convidados a parar.
  • Içara (km 382 da BR-101): Obstrução de veículos de carga.
  • Içara (km 70 da SC-445): Bloqueio para veículos de carga, automóveis liberado.
  • Sombrio (km 439 da BR-101): Obstrução de veículos de carga.
  • Santa Rosa do Sul (km 445 da BR-101): Obstrução de veículos de carga.
  • Forquilhinha (km 400 da SC-108): Manifestação com bloqueio de veículos de carga.
  • Treviso (km 25 da SC-446): Movimentação com bloqueio de veículos de carga.
  • Orleans (km 335 da SC-108): Manifestantes com bloqueio de veículos de carga.
  • Gravatal (km 160 da SC-370): Bloqueio para veículos de carga.
  • Braço do Norte (km 145 da SC-370): Bloqueio para veículos de carga.
  • Urussanga (KM 108 da SC-351): Restrição de veículos de carga.
  • Morro da Fumaça (km 6 da SC-445): Restrição de veículos de carga.
  • Siderópolis (km 48 da SC-445): Bloqueio para veículos de carga.

Vale do Itajaí

  • Itajaí (km 116 da BR-101): Veículos de carga convidados a parar.
  • Itajaí (km 14 da SC-486): Manifestantes solicitando adesão dos motoristas.
  • Itajaí (km 0,3 da SC-412): Manifestantes solicitando adesão dos motoristas.
  • Navegantes (km 11 da BR-470): Veículos de carga convidados a parar.
  • Navegantes (km 13 da BR-470): Obstrução de veículos de carga.
  • Indaial (km 68 da BR-470): Veículos de carga convidados a parar.
  • Petrolândia (km 296 da SC-110): Bloqueio de caminhões de carga.
  • Gaspar (km 47 da BR-470): Veículos de carga são convidados a parar.
  • Gaspar (km 110 da SC-108): Bloqueio na via para caminhões.
  • Apiúna (km 100 da BR-470): Veículos de carga são convidados a parar.
  • Ascurra (km 90 da BR-470): Veículos de carga convidados a parar.
  • Pouso Redondo (km 174 da BR-470): Obstrução de veículos de carga.
  • Laurentino (km 346 da SC-350): Manifestantes solicitando adesão dos motoristas.
  • Vidal Ramos (km 259 da SC-110): Solicitando adesão dos motoristas.
  • Botuverá (km 42 da SC-486): Bloqueio para caminhões.
  • Brusque (km 120 da SC-108): Bloqueio para caminhões.
  • Pomerode (km 10 da SC-421): Solicitando adesão dos caminhões.
  • Pomerode (km 100 da SC-110): Solicitando adesão dos caminhões.
  • Imbuia (km 259 da SC-110):  Solicitando adesão dos caminhões.

Planalto Norte e Norte

  • Joinville (km 26 da BR-101): Veículos de carga são convidados a parar.
  • Garuva (Entre os kms 0 e 11 da SC-417): Restrição de veículos de carga.
  • Araquari (km 70 da BR-101): Obstrução de veículos de carga.
  • Araquari (km 75 da BR-101): Obstrução de veículos de carga.
  • Araquari (km 21 da BR-280): Veículos de carga são convidados a parar.
  • Araquari (km 50 da BR-280): Veículos de carga são convidados a parar.
  • Araquari (km 55 da BR-280): Veículos de carga são convidados a parar.
  • São Francisco do Sul (km 3 da BR-280): Obstrução de carga são convidados a parar.
  • Mafra (km 7 da BR-116): Veículos de carga são convidados a parar.
  • Papanduva (km 54 da BR-116): Obstrução de veículos de carga.
  • Rio Negrinho (km123 da BR-280): Veículos de carga são convidados a parar.
  • Canoinhas (km 231 da BR-280): Veículos de carga são convidados a parar.
  • Canoinhas (km 235 da BR-280): Veículos de carga são convidados a parar.
  • Canoinhas (km 0 da SC-477): Solicitando adesão dos motoristas.
  • Três Barras (km 4 da SC-120): Manifestantes às margens da rodovia.
  • Aurora (km 375 da SC-350): Bloqueio de caminhões de carga.
  • Itapoá (entre os kms 17 e 22 da SC-416): Manifestação às margens da rodovia.
  • Itapoá (entre oskms 0 e 11 da SC-417): Manifestação às margens da rodovia.
  • São Bento do Sul (km 111 da BR-280): Veículos de carga são convidados a parar.
  • São Bento do Sul (km 123 da BR-280): Veículos de carga são convidados a parar.
  • Irineópolis (km 268 da BR-280): Veículos de carga são convidados a parar.
  • Massaranduba (km 108 da SC-425): Manifestantes solicitando adesão dos motoristas.
  • Guaramirim (km 43 da SC-108): Solicitando adesão dos motoristas.
  • Itaiópolis (km 79 da SC-477): Solicitando adesão dos motoristas.
  • Campo Alegre (km 45 da SC-418): Restrição de veículos de carga.

Região Serrana

  • Santa Cecília (km 138 da BR-116): Veículos de carga convidados a parar.
  • Lages (km 245 da BR-116): Veículos de carga convidados a parar.
  • Lages (km 247 da BR-116): Obstrução de veículos de carga.
  • Campos Novos (km 344 da BR-282): Veículos de carga convidados a parar.
  • Campos Novos (km 321 da BR-470): Obstrução de veículos de carga.
  • Correia Pinto (km 217 da BR-2116): Veículos de carga convidados a parar.
  • Curitibanos (km 247 da BR-470): Veículos de carga convidados a parar.
  • Curitibanos (km 249 da BR-470): Veículos de carga convidados a parar.
  • Curitibanos (km 252 da BR-470): Veículos de carga convidados a parar.
  • São Joaquim (km 304 da SC-114): Manifestação solicitando adesão dos motoristas.
  • Bocaina do Sul (km 180 da BR-282): Obstrução de veículos de carga.
  • Campo Belo do Sul (km 214 da SC-370): Bloqueio para veículos de carga.
  • Palmeira (km 200 da SC-114): Bloqueio para veículos de carga.
  • Otacílio Costa (km 190 da SC-114): Movimentação parcial, bloqueio para caminhões.
  • Bom Jardim da Serra (km 389 da SC-390): Restrição a veículos de carga.

Oeste e Meio Oeste

  • Nova Erechim (km 571 da BR-282): Veículos de carga convidados a parar.
  • Xanxerê (km 502 da BR-282): Veículos de carga convidados a parar.
  • Xanxerê (SC-480): Manifestantes solicitando adesão dos motoristas.
  • Maravilha (km 606 da BR-282): Veículos de carga convidados a parar.
  • Palma Sola (km 11 da SC-161): Manifestação às margens do trevo.
  • São Miguel do Oeste (SC-169): Manifestação às margens das rodovias.
  • São Miguel do Oeste (km 645 da BR-282): Obstrução de veículos de carga.
  • São Lourenço do Oeste (km 4 da SC-157): Manifestaçã às margens da rodovia.
  • Tangará (km 140 da SC-135): Bloqueio com liberação de veículos com cargas vivas e automóveis.
  • Videira (km 119 da SC-135): Bloqueio com passagem de veículos de emergência.
  • Videira (km 49 da SC-355): Manifestação às margens da rodovia.
  • Fraiburgo (km 29 da SC-355): Manifestação às margens da rodovia.
  • Lebon Régis (km 2 da SC-355): Manifestação solicitando adesão dos motoristas.
  • Lebon Régis (km 163 da SC-120): Manifestação dos caminhoneiros às margens da rodovia.
  • Concórdia (km 97 da BR-153): Veículos de carga convidados a parar.
  • Concórdia (km 19 da SC-283): Movimentação de caminhoneiros às margens da rodovia.
  • Catanduvas (km 406 da BR-282): Veículos de carga convidados a parar.
  • Catanduvas (km 410 da BR-282): Obstrução de veículos de carga.
  • Coronel Freitas (SC-157): Manifestação solicitando  adesão ao movimento.
  • São Domingos (km 1 da SC-480): Movimentação solicitando adesão ao movimento.
  • Campo Erê (km 2 da SC-160): Movimentação de caminhoneiros às margens da rodovia.
  • Ipoméia (km 109 da SC-135): Solicitando adesão ao movimento, trânsito em meia pista.
  • Iomerê (km 69 da SC-355): Bloqueio veículos de carga
  • Itá (km 128 da SC-155): Veículos de emergência e automóveis tem livre acesso.
  • Seara (km 51 da SC-283): Veículos de emergência e automóveis tem livre acesso.
  • Arabutã (km 102 da SC-154): Veículos de emergência e automóveis tem livre acesso.
  • Guatambú (km 107 da SC-283): Restrição de veículos de carga.
  • Bom Jesus (km 76 da SC-480): Restrição de veículos de carga.
  • Abelardo Luz (km 15 da SC-155): Restrição de veículos de carga.
  • Jupiá (km 18 da SC-480): Rodovia bloqueada.
  • Iporã do Oeste (km 89 da SC-163): Restrição de veículos de carga.
  • São Carlos (km 140 da SC-283): Restrição de veículos de carga.
  • Meleiro (km 40 da SC-108): Bloqueio veículos de carga.
  • Formosa do Sul (km 41 da SC-157): Bloqueio para veículos de carga.
  • Galvão (km 24 da SC-480): Solicitação de adesão ao movimento.
  • Anchieta (km 36 da SC-161): Solicitação de adesão ao movimento.
  • Romelândia (km 61 da SC-161): Solicitação de adesão ao movimento.
  • Erval Velho (km 368 da BR-282): Obstrução de veículos de carga.
  • Joaçaba (km 395 da BR-282): Obstrução de veículos de carga.
  • Ponte Serrada (km 460 da BR-282): Obstrução de veículos de carga.
  • Ponte Serrada (km 463 da BR-282): Obstrução de veículos de carga.
  • Vargeão (km 476 da BR-282): Obstrução de veículos de carga.
  • Faxinal dos Guedes (km 487 da BR-282): Obstrução de veículos de carga.
  • Chapecó (km 534 da BR-282): Obstrução de veículos de carga.
  • Nova Itaberaba (km 550 da BR-282): Obstrução de veículos de carga.
  • Água Doce (km 11 da BR-153): Obstrução de veículos de carga.
  • Irani (km 65 da BR-153): Obstrução de veículos de carga.
  • Caibi (km 164 da SC-283): Bloqueio para veículos de carga.

Grande Florianópolis

  • Biguaçu (SC-407): Bloqueio de caminhos ao acesso à distribuidora da Petrobrás
  • Palhoça (km 216 da BR-101): Obstrução de veículos de carga.
  • Tijucas (km 6 da SC-410): Bloqueio na via para caminhões.

As reivindicações

A Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam) já havia protocolado na segunda-feira da semana passada (14), ofício para cobrar medidas do governo Federal em função do aumento das refinarias e dos impostos que recaem sobre o óleo diesel.

"As recentes paralisações feitas em diversas rodovias do país refletem o desespero e a insatisfação da categoria, que não têm seus pleitos ouvidos pela Governo. Além da correção quase que diária dos preços dos combustíveis realizado pela Petrobrás, que dificulta a previsão dos custos por parte do transportador, os tributos PIS e Cofins, majorados em meados de 2017 com o argumento de serem necessários para compensar as dificuldades fiscais do Governo, são o grande empecilho para manter o valor do frete em níveis satisfatórios", divulgou a Abcam.

A associação defende ainda que a redução dos tributos poderia impactar em queda nos custos da produção agropecuária, no preço do frete dos alimentos e nas tarifas do transporte em geral, o que beneficiaria a população.

No documento protocolado na Presidência da República e na Casa Civil, a Abcam sugeriu a "criação de um Fundo de Amparo ao Transportador Autônomo, destinado ao custeio de um programa para aquisição de óleo diesel, ou um sistema de subsidio para aquisição de óleo diesel por parte dos transportadores autônomos".

Quer receber as notícias no WhatsApp?