No dia 2 de abril, é celebrado o Dia Mundial da Conscientização do Autismo, e também é o mês da cor Azul, que serve para mostrar à população que as pessoas com autismo também possuem grandes habilidades e merecem respeito igualmente.

Mas a luta não se resume apenas a este dia ou mês, mas diariamente no cotidiano da família e da pessoa com essa condição genética.

E para essa missão tão especial, existe a Associação de Amigos de Autista (AMA) em Jaraguá do Sul, que todos os dias trabalha para contribuir com a autonomia do autista, e sua inclusão integral na sociedade.

O grupo além de prestar atendimentos com psicólogo, fonoaudiólogo, terapeuta ocupacional, assistente social, psicopedagoga e pedagoga, também realiza palestras para empresas e hoteis capacitando os funcionários para atenderem da melhor forma as pessoas com autismo.

Foto Divulgação

A Diretora de Eventos da AMA, Cristiane Zanuzzo, mãe de Danilo, 9 anos, conta que recebeu apoio da entidade há 4 anos, quando precisou diagnosticar o seu filho e constatou que possui um leve grau de autismo.

"As pessoas acham que é difícil criar alguém com autismo, mas eu digo que quem possui um filho autista é presenteado", destaca Cristiane.

Atualmente a entidade possui mais de 130 crianças e adolescentes matriculadas, entre as atividades realizadas, a estimulação para o desenvolvimento da área motora, sensório-perceptivo, cognitiva, comunicação, afetiva, autonomia e autocuidados.

E também auxílio às famílias, atendimento sócio educacional e ocupacional e a inserção dos jovens no mercado de trabalho, visando sua autonomia na vida adulta.

A sede da associação é localizada na rua Gustavo Friedeman, 143, onde possuem 17 salas para receberem os alunos.

Foto Divulgação

Foram abertas também mais quatro salas, especialmente para crianças de 2 a 6 anos de idade, visando a estimulação precoce.

Foto Divulgação

Ajuda na pandemia

Todos os anos a entidade realizava ações para arrecadar fundos, porém a pandemia impossibilitou tudo isso.

Durante o mês de abril, que é o mais visado por ser o Abril Azul, eram feitos pedágios solidários, Happy Hour, entre outros eventos com todo o lucro sendo destinado a associação.

Pedágio Solidário realizado em 2019 | Foto Divulgação

E como forma de arrecadação, o pessoal da AMA está vendendo vários produtos, como canecas, guarda-chuvas, cartões personalizados, camisetas e também o especial livro "Vó Nica - Sabores de Casa" com mais de 140 páginas de deliciosas receitas, onde toda a renda é destinada ao grupo.

Os itens podem ser adquiridos na sede da entidade ou na Receituario Magistral, Piu Bella Gelato, Bendita Feitura e Naturale.

 

Como ajudar

Você pode ajudar comprando os produtos, ou realizando doações, é possível doar das seguintes formas:

PIX

Chave: 79.378.188/0001-66

Transações bancárias

Viacredi

  • CNPJ: 79.378.188/0001-66
  • Banco: 085
  • Agencia: 0101-5
  • Conta: 372636-3

Banco do Brasil

  • CNPJ: 79.378.188/0001-66
  • Banco: 001
  • Agencia: 5238-8
  • Conta: 620030-3

Caixa Econômica

  • CNPJ: 79.378.188/0001-66
  • Banco: 104
  • Agencia: 0417
  • Conta: 1784-3

Ou também doando pelo PicPay, basta criar a conta e acessar este link.

Em caso de dúvidas, entre em contato com a entidade pelos telefones: +55 (47) 3370-1555 ou +55 (47) 3373-8863.

Também pelo e-mail: secretaria@amajaraguadosul.com.br

Ou Facebook e Instagram da AMA.

Entenda o que é o autismo

Estima-se que uma a cada 160 crianças possui um Transtorno do Espectro do Autismo (TEA).

Os TEAs começam na infância e tendem a persistir na adolescência e na idade adulta.

Na maioria dos casos, eles se manifestam nos primeiros 5 anos de vida.

TEAs são um grupo de condições caracterizadas por algum grau de alteração do comportamento social, comunicação e linguagem, e por um repertório restrito, estereotipado e repetitivo de interesses e atividades.

Embora algumas pessoas com TEA possam viver de forma independente, existem outras pessoas com deficiências severas que precisam de atenção e apoio constante ao longo de suas vidas.

O autismo é uma condição geral para um grupo de desordens do desenvolvimento do cérebro.

As pessoas afetadas pela TEA frequentemente têm condições comórbidas, como epilepsia, depressão, ansiedade e transtorno de déficit de atenção e hiperatividade.

A dificuldade de comunicação social, comportamentos repetitivos e isolamento, como se vivessem num mundo particular, também são alguns dos distúrbios em pessoas com autismo.

O nível intelectual varia muito de um caso para outro, variando de deterioração profunda a casos com altas habilidades cognitivas.