Jaraguá do Sul apresenta uma melhora significativa nas últimas semanas em relação aos números de casos da Covid-19. Prova disto é que o município estava há cinco dias seguidos sem registrar mortes pelo vírus, até que nesta terça-feira (31) confirmou a 415ª vítima.

Desde o início da pandemia, foram diagnosticadas 33.722 pessoas com o novo coronavírus na cidade e ao todo, 32.981 conseguiram se recuperar e 326 continuam em tratamento.

Para o Secretário Municipal de Saúde, Alceu Gilmar Morretti, depois de meses com perdas diárias de vidas para a Covid, o fato de passar dias seguidos sem registro de mortes demonstra que a vacinação está surtindo efeito.

“Sem sombra de dúvidas, a vacinação é o grande motivo pelo qual os óbitos estão diminuindo, não só em Jaraguá do Sul, mas em todo o país e mundo a fora. A vacinação é o caminho”, lembra o secretário de saúde.

A média móvel de novos casos diários também mostra que a transmissão continua preocupando, mas o cenário já é muito mais animador, com a média de sete dias caindo consistentemente desde a segunda quinzena de junho, chegando a 33 no início do mês de agosto e voltando a subir moderadamente até os 51,71.

Até o momento, Jaraguá do Sul já vacinou 80% da população adulta com a primeira dose da vacina. Porém, de acordo com Alceu, cerca de 21 mil pessoas acima de 18 anos ainda não foram imunizadas com a primeira dose, além das pessoas que deixaram de tomar a segunda dose.

"É importante dizer que a vacinação até o momento está acontecendo para os grupos com 18 anos ou mais. Porém, ainda temos na cidade 21 mil pessoas acima de 18 anos que não tomaram a primeira dose. Por isso, é interessante que essas pessoas gradativamente venham se vacinar, para que possamos atingir 100% da comunidade vacinada pelo menos com a D1", informa Alceu.

Vacinação em adolescentes

Nesta quarta-feira (1º), começaria a vacinação contra a Covid-19 para os adolescentes com idade entre 12 e 17 anos, mas a Prefeitura aguarda a chegada de novas doses para começar a vacinar este público.

São mais de 15 mil crianças e adolescentes nessa faixa etária a serem vacinadas em Jaraguá do Sul. A estratégia já havia sido autorizada pelo Ministério da Saúde (MS) e será realizada apenas com doses do imunizante da Pfizer, único aprovado pela Anvisa, até o momento, para esse público.

O secretário pontua ainda que tem a expectativa de vacinar todo o público que pode se imunizar até o fim desse ano.

"Esperamos que mais para frente, quem sabe possamos nos livrar da máscara e do distanciamento social e ter um Natal mais tranquilo entre nós," diz Alceu Morreti.

Com a diminuição dos números de casos do coronavírus e com a vacinação avançando, o secretário declara que Jaraguá do Sul vem caminhando para uma nova normalidade.

“Sem dúvida, estamos caminhando para um melhora em relação ao Covid-19. Estamos caminhando a passos firmes para uma melhora gradativa, a saúde pública está muito bem organizada. Temos que ter os cuidados básicos ainda, principalmente com essa variante delta, mas Jaraguá do Sul está muito preparada", informa Alceu.

Situação dos hospitais

O município de Jaraguá do Sul enfrentou lotação máxima dos leitos hospitalares durante a pandemia, com os dois hospitais da cidade sob risco de colapso no mês de maio, auge da ocupação de leitos, desabastecimento de insumos e falta de recursos humanos.

"Passamos por momentos difíceis em relação aos leitos para pacientes da Covid. Hoje em dia estamos oscilando entre 55% da taxa de ocupação desses leitos, mas ainda temos bastante casos novos todos os dias também", informa Alceu Morreti.

O Secretário de Saúde reforça a importância da população continuar tomando os cuidado para evitar o contágio pelo coronavírus, como o uso de máscara, álcool gel e distanciamento social.

"Temos que manter os cuidados, porque o vírus ainda circula, ele ainda está ai, ele ainda é forte e ele só vai enfraquecer quando estivemos com a maioria das pessoas vacinadas. Por isso temos que manter os cuidados necessários nesse momento," conclui o secretário.

 

Foto: Eduardo Montecino/Divulgação