Parte dos catarinenses que estiveram nas Olimpíadas de Tóquio foram recepcionados pelo governador de Santa Catarina, Carlos Moisés, na Casa d'Agrônomica, em Florianópolis.

Entre eles, Simone Ponte Ferraz. A jaraguaense, semifinalista na prova de 3.000m com obstáculos, esteve no encontro ao lado de outros seis atletas, que receberam uma placa de homenagem por representar o Estado no evento.

“É um momento muito especial para o atleta ser reconhecido e é gratificante estar com pessoas que são nossos representantes e que tem o poder de contribuir para melhoria do nosso esporte”, disse Simone.

Durante o encontro, Carlos Moisés também determinou a criação de um grupo de trabalho envolvendo a Casa Civil, Fesporte e secretarias de Estado da Fazenda e da Educação para elaborar e definir critérios para o Programa Bolsa-Atleta de Santa Catarina.

A proposta será encaminhada para a aprovação da Assembleia Legislativa ainda neste ano.

“Acreditamos na força transformadora do esporte na vida das pessoas. Nossos atletas mostraram muitos talentos, histórias de superação e dedicação. Nos sentimos orgulhosos com o desempenho dos esportistas catarinenses. E são de extrema importância para nós que entendemos o que o esporte e a educação representam. O Governo do Estado vai continuar com o compromisso de incentivar, investir e apoiar as atividades do esporte desde as séries iniciais”, declarou o governador.

Ao todo, 21 atletas representaram Santa Catarina no Japão sendo que três subiram ao pódio: Rosamaria (Nova Trento) e Natália Zilio Pereira (Joaçaba), no vôlei feminino, e Pedro Barros (Florianópolis), no skate park.