O empate de 0x0 do Figueirense com o Cuiabá mostrou a falta que o VAR faz na Série B. A anulação de um gol legítimo de Marquinho, aos 48 minutos do segundo tempo, tirou a chance de vitória do time de Florianópolis, que sofre desde o último sábado (5) quando foi vítima de ato de violência dentro do seu estádio.

 

 

O empate sem gols na Arena Pantanal, disputado na noite desta terça-feira (8), valeu pela oitava rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

Sem ameaçar, nem sofrer

O resultado, aparentemente ruim, ao menos fez o Figueirense chegar aos seis pontos, assumir provisoriamente a 16ª colocação e deixar o Z-4 com o Cruzeiro. O Cuiabá ficou na quarta posição, com 15 pontos.

Em campo, no primeiro tempo, o Figueirense, se não encantou e pouco ameaçou o Cuiabá, também não sofreu. O goleiro Rodolfo Castro, que substituiu Sidão, não fez nenhuma grande defesa. O 0x0 foi justo.

Lance de Cuiabá 0x0 Figueirense | Foto Andrey de Oliveira/FFC

Chances perdidas

No segundo tempo, o time de Florianópolis abusou de perder chances. Mesmo jogando sem convencer, nem animar, teve pela frente um adversário que nem parece estar no G-4. O Cuiabá ofereceu várias para o Figueira abrir o placar.

 

Faltou o VAR

Até que aos 48 minutos Marquinho, sem impedimento, recebeu dentro da área e fez o gol, que acabou anulado pela arbitragem, num erro que não aconteceria se a Série B tivesse o VAR. Azar do Figueira.

Imagem da TV mostra condição legal do meia Marquinho que fez o gol | Reprodução TV

Próximo jogo

O técnico Elano terá, agora, o tempo que precisa para ajustar a equipe e iniciar a reação que a torcida espera. Até o próximo jogo serão 11 dias. O Figueira vai a Belo Horizonte encarar o América, pela 10ª rodada, no sábado (19).

Lance de Cuiabá 0x0 Figueirense | Foto Andrey de Oliveira/FFC

Ficha Técnica

Cuiabá 0 - Matheus Nogueira; Hayner, Ednei, Anderson Conceição e Romário (Lucas Ramon); Léo (Ferrugem), Matheus Barbosa e Élvis (Jean Patrick); Felipe Ferreira (Yago), Jenison e Maxwell (Fabricio). Técnico - Marcelo Chamusca.

Figueirense 0 - Rodolfo Castro; Lucas Carvalho (Elacio), Alemão, Pereira (Paulo Ricardo) e Sanchez; Matheus Neris (Elyeser), Patrick e Marquinho; Everton (Gabriel Lima), Gabriel Barbosa (Vitor Feijão) e Diego Gonçalves. Técnico - Elano Blumer.

Cartões Amarelos – Ednei e Elvis (C). Pereira, Marquinho e Diego Gonçalves (F).

Cartão Vermelho – Elyeser.

Arbitragem - Wanderson Alves Sousa (MG); auxiliado por Fernanda Nândrea Gomes Antunes (MG) e Luiz Antônio Barbosa (MG).

Local - Arena Patanal, em Cuiabá.

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp