O esporte brasileiro está de luto. Um dos grandes talentos do Brasil no lançamento de dardo, Alana Maranhão, de apenas 18 anos, foi encontrada morta em sua casa, na cidade de Paranavaí, no noroeste do Paraná.

De acordo com relatório do Instituto Médico-Legal (IML), a atleta da seleção brasileira apresentava sinais de enforcamento. A polícia vai investigar o caso.

Em 2017, Alana foi medalha de ouro no Campeonato Brasileiro Sub-18, com 50,09m, e prata no Sul-Americano. Isso com apenas 16 anos. Líder do ranking nacional da categoria, ela garantiu vaga no Mundial.

Foto Divulgação

A competição internacional aconteceu no mesmo ano em Nairóbi, no Quênia, e a paranaense ficou em 11º lugar.

Em nota, “a Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), lamenta a morte da atleta Alana Maranhão, de Paranavaí (PR), registra o mais profundo pesar em nome da comunidade do atletismo pelo ocorrido e deixa condolências aos familiares e amigos.”

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

 

WhatsApp

Telegram