Mesmo debaixo de muita chuva, Tricolor, de Ronald (D), fez mais um jogo consistente e venceu a Chape | Foto Márcio Cunha/ACF
Mesmo debaixo de muita chuva, Tricolor, de Ronald (D), fez mais um jogo consistente e venceu a Chape | Foto Márcio Cunha/ACF

Figueirense, Criciúma e Chapecoense. Para muitos, o ‘novato’ Juventus voltou à Série A do Campeonato Catarinense como um dos candidatos ao rebaixamento pelos árduos compromissos nas primeiras rodadas.

Mas em campo, o time comandado pelo técnico Jorginho vem dando mostras que pode ‘fazer o crime’ neste Estadual.

Após empatar com o Figueira e vencer o Tigre, o Moleque Travesso aprontou mais uma travessura na noite desta quarta-feira (29) ao vencer a Chape por 1 a 0, em plena Arena Condá, pela terceira rodada.

Lance do jogo | Foto Márcio Cunha/ACF

Mesmo com sete desfalques, o Tricolor teve um amplo domínio na maior parte do jogo contra o time da Série B do Campeonato Brasileiro.

Seguro na defesa e sem sofrer grandes sustos, a equipe jaraguaense ainda criou as melhores chances ofensivas e deixou o campo com uma gigantesca vitória após o gol marcado pelo meia Marllon, aos cinco minutos do segundo tempo.

“Foi uma vitória importante. Viemos com esse intuito, conseguimos fazer o resultado e manter até o final”, destacou o lateral-esquerdo Luiz Henrique.

No topo da tabela

Com o segundo triunfo em três partidas na Série A, o Juventus chegou aos sete pontos e segue com a mesma pontuação do líder Figueirense, perdendo apenas nos critérios de desempate.

O Avaí ainda joga na rodada e também podem alcançar os sete pontos. Já a Chape segue sem vencer e ocupa a 8ª colocação, com apenas dois pontos.

Próxima rodada

Agora, o Moleque Travesso encara mais um compromisso fora de casa. Na segunda-feira, dia 3 de fevereiro, a equipe vai até o Sul do Estado para enfrentar o Tubarão, às 20h, no estádio Domingos Gonzalez.

Um dia antes, a Chape tenta a inédita vitória na Série A, diante do Brusque, às 18h30, novamente na Arena Condá.

Primeiro tempo

Além dos sete desfalques para o jogo – Régis, Doni, Hildo, Sampson, Anderson Pico, Assis e Guilherme -, o técnico Jorginho promoveu duas alterações na equipe titular.

As falhas no último jogo contra o Criciúma custaram caro para o goleiro Hudson Jr., que foi para o banco para entrada de Silva, enquanto no ataque, Itinga que entrou bem contra o Tigre ‘roubou’ a vaga de Juliano Levak.

Em campo, a bola começou a rolar com 52 minutos de atraso devido à falta de energia na Arena Condá, castigada pela forte chuva no Oeste do Estado durante todo dia.

E desde o primeiro minuto, o campo pesado dificultou as ações ofensivas de ambas as equipes que pouco criaram no primeiro tempo.

Foto Márcio Cunha/ACF

Os donos da casa tiveram a melhor chance logo aos três minutos com Anselmo Ramon, que recebeu cruzamento de Alan Ruschel e desviou de cabeça pelo lado do gol.

Seguro na defesa e tentando envolver o adversário com rápido toque de bola, o Juventus levou perigo, aos 36, quando Fabinho puxou contra-ataque e recuou para Mikael.

De fora da área, o volante substituto do lesionado Sampson chutou forte e a bola passou por cima, perto da meta de João Ricardo.

E assim, sem grandes emoções, o confronto foi para o intervalo empatado em 0 a 0.

Segundo tempo

Pressionado após dois empates nas primeiras rodadas, a Chape voltou dos vestiários com duas mudanças no setor de ataque.

Porém, foi o Moleque Travesso que começou mandando no segundo tempo, tanto que abriu o placar, aos 5 minutos.

Itinga carregou pela direita e cruzou rasteiro. A bola parou na poça d’água, enganou o zagueiro Joílson e o goleiro João Ricardo, mas não o meia Marllon.

O camisa 10 do Tricolor aproveitou a bola parada dentro da área e mandou para o fundo das redes.

Foto Márcio Cunha/ACF

Com a vantagem, a equipe jaraguaense tentou manter sua característica de posse de bola para cansar os mandantes e Jorginho apostou em uma equipe mais veloz, colocando Pablo e João Vitor nos lugares de Mikael e Marllon, respectivamente.

A Chape, por sua vez, se lançou desesperadamente ao ataque para buscar o empate. E quase conseguiu, aos 20, quando Alan Ruschel recebeu passe de Anselmon Ramon e finalizou muito parte da trave esquerda de Silva.

Mas não passou disso. O Juve dominou o Verdão em seus domínios e ficou muito mais perto de fazer o segundo do que ter o goleiro Silva vazado.

Nas principais oportunidades, Pablo, Itinga e Fabinho já nos minutos finais perderam a chance de ampliar. Mas não fez falta. O Moleque Travesso aprontou mais uma travessura no Estadual e venceu a Chapecoense por 1 a 0.

Ficha técnica: Chapecoense 0×1 Juventus

Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)

Data: 29/01/2020 (quarta-feira)
Horário: 19h (horário de Brasília)
Público: 2.205 torcedores
Renda: R$ 37.390,00
Arbitragem: Fernando Henrique de Medeiros Miranda, auxiliado por Johnny Barros de Oliveira e Eder Miguel Sacco
Cartões amarelos: Anselmo Ramon, Aylon e Marcos Vinícius (Chapecoense); Mikael, Itinga e Pablo (Juventus)
Gols: Marllon, aos 5/2T (Juventus)
Chapecoense: João Ricardo; Matheus Ribeiro, Joílson, Derlan e Alan Ruschel; Tharlis, Anderson Leite (Vini Locatelli) e Roberto; Ari Moura (Diego Torres), Aylon (Yann Rolim) e Anselmo Ramon. Técnico: Hemerson Maria
Juventus: Silva; Maninho, Rogélio, Felipe Gregório e Luiz Henrique; Mikael (Pablo), Ronald e Marllon (João Vitor); Denner (Rafael Zuchi), Fabinho e Itinga. Técnico: Jorginho


Jogos da 3ª rodada

Quarta-feira (29)

  • Chapecoense 0×1 Juventus
  • Figueirense 2x1 Joinville

Quinta-feira (30)

  • Criciúma × Tubarão - 19h
  • Marcílio Dias × Concórdia - 21h
  • Avaí × Brusque - 21h30

Artilharia

2 gols – Fabinho

1 gol – Denner
1 gol – Marllon

Tabela

fase

23/01/20 – Figueirense 0×0 Juventus (saiba mais)

21h, no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC)

26/01/20 – Juventus 3×2 Criciúma (saiba mais)

16h, no Estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul (SC)
Gols: Fabinho (2x) e Denner

29/01/20 – Chapecoense 0×1 Juventus

19h, na Arena Condá, em Chapecó (SC)
Gol: Marllon

03/02/20 – Tubarão × Juventus

20h, no Estádio Domingos Silveira Gonzales, em Tubarão (SC)

08/02/20 – Juventus × Joinville

16h, no Estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul (SC)

16/02/20 – Brusque × Juventus

18h30, no Estádio Augusto Bauer, em Brusque (SC)

01/03/20 – Juventus × Concórdia

16h, no Estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul (SC)

08/03/20 – Avaí × Juventus

16h, no Estádio Ressacada, em Florianópolis (SC)

15/03/20 – Juventus × Marcílio Dias

16h, no Estádio João Marcatto, em Jaraguá do Sul (SC)

 

Receba as notícias do OCP no seu aplicativo de mensagens favorito:

WhatsApp

Telegram Jaraguá do Sul

Facebook Messenger