Stefani Roteski (E) e Polyana Galvão (D), e técnica Alessandra Trevisan conquistaram a vaga no Grand Slam | Foto Divulgação
Stefani Roteski (E) e Polyana Galvão (D), e técnica Alessandra Trevisan conquistaram a vaga no Grand Slam | Foto Divulgação

Campeãs do Grand Slam de taekwondo no início deste mês, as atletas Stefani Maria Roteski e Polyana Larissa Rodrigues Galvão, além da técnica Alessandra Trevisan, vivem a expectativa de representar o Brasil no Campeonato Pan-Americano Cadete da arte marcial.

SAIBA MAIS: Jaraguaenses garantem vaga na seleção brasileira de taekwondo

Mas sem nenhuma ajuda de custo da Confederação Brasileira de Taekwondo (CBTKD), o trio lançou uma campanha para que possam conseguir os recursos para ir ao evento, que acontece nos dias 14 e 15 de junho em Portland, nos Estados Unidos.

A famosa “vaquinha” foi postada no site http://vaka.me/484630, no qual as representantes jaraguaenses buscam arrecadar R$ 20 mil, que ajudaria nos custos gerais da viagem. Até o momento, elas arrecadaram 4.38% do valor necessário, ou seja, R$ 875. O restante deve ser garantido até o dia 27 de maio.

“As duas atletas vieram de projeto social do município e se destacam nos eventos pelo seu ótimo desempenho em quadra. Nos ajudem a realizar esse sonho, toda e qualquer ajuda será bem vinda”, destaca a treinadora Alessandra.

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?