Foto Sidnei Batista
Foto Sidnei Batista

Até a noite desta quinta-feira (28), o Jaraguá Futsal estava invicto na temporada 2019. Porém, o Blumenau acabou com a série de quatro jogos sem derrota do aurinegro no ano.

Após vencer o Joinville na estreia da Copa Uniasselvi, na última quarta-feira (27), o time de Fernando Ferretti perdeu para o rival catarinense por 2 a 1, pela segunda rodada do campeonato de pré-temporada. O jogo aconteceu no ginásio do Sesi, na cidade de Blumenau.

Os donos da casa abriram o placar com Libânio, aos 4 minutos do primeiro tempo, mas a equipe jaraguaense chegou ao empate com Nicolas, aos 8.

Mesmo produzindo mais chances na etapa final, o Jaraguá parou no goleiro Ivan e ainda sofreu o castigo faltando dois minutos para o fim, quando Richard tentou cortar o cruzamento, mas mandou para própria meta.

“Esse duelo é sempre difícil. Fizemos uma boa partida e o jogo foi definido no final, com um gol contra, quando éramos melhores. As armadilhas do jogo aparecem a todo momento e isso serve de alerta para nós”, avaliou o ala e capitão Oitomeia.

Com o resultado, o aurinegro estacionou nos três pontos, mesmo número do Pato, que venceu o JEC na rodada por 4 a 3, e será o adversário do Jaraguá nesta sexta-feira, dia 1º de março, em confronto marcado para às 19h.

Para ser campeão do torneio, o time precisa superar os paranaenses e torcer por uma derrota ou empate do Blumenau para o Joinville, que se enfrentam às 21h.

O JOGO

Quando se enfrentam, Jaraguá Futsal e Blumenau é sinônimo de jogo muito disputado. E nada mudou nesta quinta-feira. Em duelo com alternância de bons momentos para ambos os lados, quem saiu na frente foram os donos da casa. Após boa troca de passes, Libânio recebeu de William na grande área e chutou no canto direito de João Neto para abrir o placar, aos 4 minutos.

Afoito, o Jaraguá encontrava dificuldades para criar chances, mas conseguiu o empate em contra-ataque mortal, aos 8, quando Éder carregou a bola pelo meio e serviu Nicolas na ala esquerda. O fixo fez o movimento para cruzar, mas chutou direto no gol e enganou Ivan para deixar tudo igual.

Pouco depois, o time blumenauense ficou perto de fazer o segundo em três lances consecutivos, mas Yuri, ex-Jaraguá, e Ruan pararam em boas defesas de João Neto. O aurinegro respondeu, aos 13, com João Guilherme, que arriscou chute de longe e obrigou Ivan a fazer uma boa intervenção, nesse que foi o último lance de perigo da etapa inicial.

Foto Sidnei Batista

Buscando a vitória para se aproximar do título, o Jaraguá voltou melhor para o segundo tempo e dominou as principais ações ofensivas. Só o time jaraguaense assustava até os 7 minutos. Nas melhores chances, Costelinha quase marcou em finalização de fora da área, defendida por Ivan, e Daniel perdeu boa oportunidade ao sair cara a cara com o goleiro, mas chutou por cima.

O Blumenau acordou, aos 9, em dois ataques seguidos, ambas com Ruan, sendo uma salva por João Neto e outra a bola parou na rede pelo lado de fora. Mas com uma marcação mais adiantada, o Jaraguá retomou o controle da partida e seguiu levando mais perigo. Porém, Ivan evitou a virada em, pelo menos, quatro chances claras.

Sem aproveitar as oportunidades, o aurinegro sofreu o castigo, restando pouco mais de dois minutos. Em contragolpe, William avançou pela direita e cruzou rasteiro. Para evitar o gol certo de Ceará, Richard tentou afastar, mas a bola foi morrer no fundo das redes, marcando gol contra.

Com a desvantagem, Ferretti colocou o goleiro Índio para jogar mais avançando como um jogador de linha. No entanto, não surtiu efeito, e o Jaraguá deixou a quadra com a derrota.

LEIA MAIS: De virada, Jaraguá vence JEC/Krona na estreia da Copa Uniasselvi

 

Quer receber as notícias no WhatsApp?